Michael Kiwanuka no Super Bock em Stock: Fenómeno soul para encher o coração e gravar os hits no telemóvel


Michael Kiwanuka no Super Bock em Stock: Fenómeno soul para encher o coração e gravar os hits no telemóvel

No Coliseu, subiu à hora marcada o headliner desta noite: Michael Kiwanuka. O londrino, descendente de ugandeses está com a popularidade em alta (como se viu pelo Coliseu lotado), muito devido à presença de músicas em bandas-sonoras de séries de sucesso nas plataformas de streaming tão em voga no público urbano-hipster presente nestes festivais.

"Cold Little Heart", da banda-sonora de "Big Little Lies" (da HBO) ficou guardada para o final, em conjunto com "Love & Hate" de "Seven Seconds" da Netflix mas até lá o músico britânico conquistou o público com o seu soul, por vezes arrastado para o psicadelismo retirado das suas influências dos anos 60 e 70. Nomes como Dylan, Hendriz, ou Funkadelic passam pela composição de Kiwanuka.

Do seu último álbum homónimo ouvimos apenas "You Ain't the Problem" e "Hero", pois o concerto foi muito focado em Love & Hate de 2016.

Equipa Noite e Música Magazine no Super Bock em Stock
Fotografia: Eduardo Salvador
Textos: Miguel Lopes
Edição: Nelson Tiago