• Ben Harper confirmado no MEO Marés Vivas

    Ben Harper irá regressar este ano a Portugal para um concerto no festival gaiense. Ben Harper é a nova confirmação do festival MEO Marés Vivas. O músico norte-americano irá atuar no dia 20 de julho, no Palco MEO. No ano passado, o músico atuou no CoolJazz, em Cascais. Ben Harper junta-se, assim, aos já confirmados Rag'n'Bone Man, James Arthur, Ornatos Violeta, Take That, D'ZRT e Snow Patrol. O festival voltará a Vila Nova de Gaia nos dias 19, 20 e 21 de julho e os bilhetes já se encontram disponíveis a preços que vão dos 45 euros (diário) aos 90 euros (passe).

  • Bryan Adams regressa a Portugal para concertos em Lisboa e Gondomar

    Músico canadiano vai atuar a 19 de novembro no Multiusos de Gondomar e no dia seguinte na MEO Arena, em Lisboa. Bryan Adams regressa a Portugal para dois concertos: Multiusos de Gondomar a 19 de novembro; MEO Arena, em Lisboa, a 20 do mesmo mês. Os espetáculos, organizados pela Ritmos & Blues, inserem-se na digressão "So Happy It Hurts". Os bilhetes, para os quais não foram comunicados preços, estarão à venda a partir de sexta-feira. São as mesmas salas onde atuou na última passagem por cá, em 2022. No mesmo ano, recorde-se, também subiu ao palco do festival MEO Marés Vivas, em Gaia. Músico, produtor, filantropo e ativista, Bryan Adams, de 64 anos, é um…

Reportagens / Galerias

Jungle no Campo Pequeno: Nunca a selva foi tão cool

Nesta noite chuvosa de final de outubro, uma multidão esperava os londrinos Jungle para um concerto há muito esgotado. Na arena do Campo Pequeno, fãs de todas as idades encheram o espaço para dançar durante 90 minutos como se de uma discoteca se tratasse. Depois de meia hora de electro rock do galês LA Priest, e com pontualidade britânica, Josh Lloyd-Watson and Tom McFarland entraram em palco acompanhados da sua banda de tour composta por um baterista e três multinstrumentistas que variavam entre sintetizadores, percussões e coros, com destaque para Lydia Kitto que assumia a voz principal em várias das canções. O início foi ao som do hino para massas "Us Against the World", do…

Ben Harper no Cooljazz: O Verão finalmente chegou

O californiano Ben Harper esgotou o Hipódromo Manuel Possolo para um regresso dos quarentões à sua juventude onde o surf e o reggae era rei! Na fase final do Cooljazz 2023, o californiano Ben Harper estou o recinto cascalense com quarentões desejosos de regressar à sua juventude onde ser surfista e usar wax no cabelo era moda e onde o reggae e o surf rock dominavam os Verões. Num festival que sempre teve excelentes cartazes e feito para um público endinheirado (uma cerveja de 0,5l custava 6,5€!!!! mais 1€ para o copo reutilizável) qualquer um pensaria estar no Norte da Europa, até porque a noite de Verão estava fresquinha. Mas falemos de música! O norte-americano,…

Queens of the Stone Age destronaram o Deus Sol e Sam Smith fez Vénus corar no último dia do NOS Alive

Numa noite em que os deuses foram colocados à prova, Queens of the Stone Age destronaram o Deus Sol e foram energia vital no último dia de festival. Com Vénus a seus pés, Sam Smith foi mais livre do que nunca e fez o público soltar as amarras. Os deuses devem estar loucos e não poderíamos estar mais solidários. A 15ª edição do NOS Alive terminou este sábado com direito a uma tarde agradável de Verão. O terceiro e último dia do festival, arrancou com a doçura e cumplicidade de Carolina Deslandes e Bárbara Tinoco que partilharam o palco principal perante uma plateia bem composta e participativa. Do alinhamento fizeram parte temas como "Adeus Amor…

Sofisticação de Arctic Monkeys e genialidade de Jorge Palma no segundo dia de NOS Alive

O segundo dia do NOS Alive ficou marcado por estilos musicais bem distintos no Palco NOS, onde Idles evangelizaram e Arctic Monkeys fidelizaram os fãs num registo mais maduro, de elegância e sofisticação. No Palco Heineken, City and Colour trouxeram alma e Jorge Palma genialidade, naquele que foi um dos melhores concertos da noite. Dizem que água e azeite não combinam, mas num Palco NOS composto por estilos tão dispares, a mistura pareceu funcionar em harmonia. O segundo dia de festival reuniu fãs de Lizzo e Lil Nas X e fãs de Idles, Arctic Monkeys e Linda Martini, que abriram o palco principal no final de tarde. Já no Palco Heineken, a mistura previa-se mais…

NOS Alive'23: Do revivalismo de Red Hot Chili Peppers ao salto quântico com o gigante Jacob Collier

A 15ª edição do NOS Alive arrancou esta quinta-feira com um regresso programado aos tempos de liceu, às tardes solarengas de praia e às roadtrips de verão, onde as músicas de Red Hot Chili Peppers eram ouvidas on repeat entre amigos. Além da banda californiana, o primeiro dia de festival contou, também, com The Black Keys como cabeças de cartaz, antevendo-se um encontro de gerações amantes de rock. The Driver Era, dupla americana formada pelos irmãos Rocky e Ross Lynch, e os excêntricos Puscifer inauguraram o Palco NOS, mas não cativaram, enquanto no Palco Heineken decorriam os concertos de Femme Falafel e Men I Trust, numa atmosfera de descontração e aparente normalidade. No entanto, se…

Blur, os apaziguadores de corações no último dia do Primavera Sound Porto

Num último dia de festival, marcado por falhas técnicas que comprometeram o concerto de New Order, Blur foram o comprimido perfeito para aliviar o aperto no peito e serenar a alma de quem, com expectativa, aguardava pelo último dia do Primavera Sound. O quarto e último dia de festival começou com direito a uma verdadeira tarde de verão, onde todos os caminhos foram dar aos palcos secundários. A vontade de estender a toalha na relva, de aproveitar os anfiteatros naturais e de ouvir e explorar boa música foram o mote perfeito para famílias e amigos que decidiram, numa tarde de sábado, aproveitar o verdadeiro espírito do Primavera Sound. No Palco Porto, Wolf Manhattan e Yard…

Primavera Sound Porto: Pet Shop Boys prometeram viagem ao baú das memórias de outros tempos e cumpriram

A música atravessa gerações, conecta pessoas, derruba barreiras, constrói pontes e novas histórias. Na música, como na vida, o crescimento acontece fora da zona de conforto e na coragem de explorar o novo e desconhecido, mas também no respeito e no carinho com que olhamos para o passado e para quem trilhou caminho antes de nós. O penúltimo dia do Primavera Sound foi assim, uma viagem entre o futuro, presente e passado onde, com os olhos colocados no futuro, o coração recuou até à década de 80. E como soube bem entrar na máquina do tempo. O terceiro dia do Primavera Sound arrancou com Margarida Campelo e Meta nos palcos secundários, Plenitude e Vodafone, mas…

Rosalía furacão e Fred Again trovoada no dia em que Óscar ameaçou ser cabeça de cartaz

O segundo dia do Primavera Sound Porto arrancou, esta quinta-feira, com todos os palcos a funcionaram em pleno. Num dia em que a depressão Óscar ameaçava ser um dos cabeças de cartaz, a tarde proporcionou-se solarenga, surpreendendo os mais prevenidos. Com um cartaz para todos os gostos e no qual os nomes mais pequenos pareceram despertar interesse e curiosidade, Fumo Ninja e Quadra, ambas bandas portuguesas, abriram as hostes para um ambiente descontraído e de boa disposição. Já no Palco Plenitude, The Murder Capital apresentaram-se introspetivos e sombrios, como só uma banda de punk sabe ser, e com as suas influências de Joy Division e The Cure prepararam terreno para os Bad Religion, que viriam…

The Weeknd no Passeio Marítimo de Algés: um "Starboy" para todas as gerações

Numa noite a ameaçar a chuva, The Weeknd pôs as massas a dançar e cantar como se o sol raiasse numa praia deste Verão. O cantor/compositor canadense Abel Tesfaye (o seu nome real, pelo qual quer passar a ser conhecido, pelo menos nas redes sociais) começou a leg europeia da "After Hours Til Dawn Tour" num Passeio Marítimo de Algés com mais de 60 mil pessoas. Via-se um público de todas as idades (com predominância para o sexo feminino), o que provou que The Weeknd atinge todas as idades, desde as teens histéricas que cantavam (gritavam!) todas as músicas até às veteranas que iam dando o seu pezinho de dança. Esta tour é uma superprodução,…

Entrevistas

Funk Orquestra em entrevista: "A nossa intenção foi trabalhar com músicos clássicos que tivessem a cabeça aberta"

Criada em 2018, pelo DJ e produtor Fábio Tabach, para homenagear os 30 anos do movimento funk no Brasil, a Funk Orquestra entrou para a história da música pop brasileira ao transformar o Rock in Rio 2019 num baile funk. Além dos protagonistas 2FAb e Paolozzi, a Funk Orquestra é formada por 15 jovens músicos, parte deles oriundos de projetos sociais em comunidades do Rio de Janeiro. O reportório respeita as origens lúdicas do funk mas evita o constrangimento para os pais de expor as suas crianças aos palavrões, optando pelas versões "clean" dos raps. Desde o princípio que a proposta da Funk Orquestra é recuperar uma antiga tradição das "bandas de baile" e misturá-la…

Jimmy P em entrevista: "A vivência ajudou a tornar o meu conhecimento pela música mais profundo e mais rico"

Jimmy P está a comemorar 10 anos de carreira e escolheu o Porto para celebrar. No dia 22 de fevereiro o artista brindou o Porto com um espetáculo muito especial onde se sentiu a entrega e o agradecimento por uma carreira que se tem vindo a escrever de verdade (podes ver aqui a reportagem). Falámos com o Jimmy P dias antes do espetáculo e, agora, podemos comprovar que todas as expetativas para este concerto se cumpriram. Noite e Música Magazine (NM): 10 anos, novo disco e Coliseu. Custou chegar aqui? Jimmy P (JP): Não posso dizer que foi fácil, porque não foi. Sobretudo porque eu sou um artista que se encontra no meio de duas…

Djodje em entrevista: "Sinto-me renascido. Sinto que tudo o que vem agora é novo e nunca aconteceu"

No dia em que esgotou o Campo Pequeno, Djodje falou com a Noite e Música e partilhou esta nova fase em que se encontra a nível pessoal e profissional. O artista mostrou-se muito agradecido pelo apoio do público e revelou que sente a sua vida num panorama renascido. O cantor do single "Atrevido" aproveitou o dia do espetáculo no Campo Pequeno para lançar o seu novo álbum Newborn como forma de agradecimento. No dia que esgotas o Campo Pequeno, lanças o teu novo álbum. A ideia foi surpreender os teus fãs? Eu anunciei que o álbum iria sair antes do Campo Pequeno mas nos últimos tempos percebemos que seria interessante fazer uma surpresa aos fãs,…