Hard Club foi pequeno para James Bay [fotos + texto]


Hard Club foi pequeno para James Bay [fotos + texto]

James Bay esteve esta sexta-feira no Hard Club para aquele que foi o seu primeiro concerto em nome próprio na cidade do Porto. Antes de rumar a Lisboa para fazer a abertura dos concertos de Ed Sheeran no Estádio da Luz, James Bay esgotou a mítica sala da Invicta e mostrou que está pronto para públicos maiores.

Em pontualidade britânica, James Bay subiu ao palco de um Hard Club que esgotou completamente para o assistir. A energia trocada entre cantor e público, que se viveu na principal sala do Hard Club, foi de impressionar qualquer um. Durante pouco mais de uma hora, o músico mostrou que tem o que é preciso para voltar e encher, quem sabe, um Coliseu.

"Pink Lemonade" foi a primeira a fazer-se ouvir. Era quase palpável a expetativa que o público portuense tinha para este espetáculo. No momento em que se ouviram os primeiros acordes, foi como uma explosão de energia. Energia essa que se manteve ao longo de cada música que o artista entoou.

James Bay ficou rendido a este público, não houve uma única canção que a plateia não soubesse de cor. "If You Ever" até teve direito a um pedido especial do cantor: "Vocês estão tão bonitos, podem cantar este refrão novamente?". A audiência não hesitou.

Esta foi uma noite de ouvir temas mais recentes mas também os êxitos que trouxeram James Bay para as nossas rádios. Do seu último álbum, Eletric Light, ouviu-se "Wild Love", "Us" e "Fade Out". Em todas, James Bay brindou o público com grandes momentos de guitarra. Guitarra que, ora acústica, oura elétrica, não largou em momento algum.

A meio do alinhamento foi momento de ouvir a tão esperada "Let it Go". Tema que, em 2015, foi um dos maiores responsáveis por lançar James Bay para os tops de música em vários países. A canção mais icónica haveria de chegar só depois do encore.

"Ainda estão comigo, Porto?" – James Bay sabia que sim. A plateia continuava irrepreensível na forma como estava a receber o britânico. Já na reta final, foi momento de ouvir temas como "Fire" e "Get Out".

Para o encore, o artista trouxe uma bandeira de Portugal às costas. Um gesto que conquista sempre a plateia, neste caso, já rendida desde o início.

Sem surpresas, foi com a conhecida "Hold Back The River" que James Bay encerrou o seu espetáculo. Um concerto onde ficou claro que o artista está preparado para uma sala maior em Portugal. Este teste acontece já neste primeiro dia de junho onde o artista vai atuar para um Estádio da Luz totalmente lotado para receber Ed Sheeran.

Fotografia: António Teixeira
Texto: Daniela Fonseca