Luísa Sobral na Casa da Música: a arte intimista de Luísa [fotos + texto]


Luísa Sobral na Casa da Música: a arte intimista de Luísa [fotos + texto]

"É sempre um prazer estar de volta ao Porto e à Casa da Música" – Luísa Sobral subiu ontem ao palco da Casa da Música para uma noite de apresentação do seu novo álbum Luísa. Durante quase duas horas pudemos ouvir os temas do novo disco, assim como temas que marcaram a sua carreira.

"Learn How To Love" foi tema escolhido para abrir o concerto num palco que além dos instrumentos musicais continha vários candeeiros que trouxeram à sala calor e proximidade com a artista. Sempre descontraída e bem-disposta, Luísa conversou com o público durante todo o espetáculo, criando assim um ambiente leve e familiar.

Seguiram-se os temas "On My Own" e "Jardim Roma", este segundo, escrito por João Monge. Luísa confessou que foi a primeira vez que pediu a alguém que escrevesse uma letra para que ela cantasse (porque normalmente escreve e compõe as suas canções) mas que quando leu "Jardim Roma" sentiu de imediato a sua melodia: "Há letras que já têm música".

O 4º tema da noite foi "As The Night Comes Along" no qual a artista mostrou que também sabe dançar, ou não tivesse ela sido expulsa das aulas de ballet aos 3 anos, como confessou.

Durante o espetáculo, a artista trocou a guitarra clássica pela elétrica, pelo piano, pela percussão e pelo ukulele, este já no fim do concerto. "Janie" foi o tema tocado com a guitarra elétrica, mostrando assim a diversidade de temas que compõe este Luísa.

Além de trocar os instrumentos que toca, Luísa Sobral trocou também o Português e o Inglês que a caraterizam, pelo Francês. "Je T'Adore" compõe este 4º disco da cantora, lançado no fim do ano passado.

Seguiu-se um tema de Billy Joel de 1989 que a cantora integrou no seu álbum, "And So It Goes" foi interpretado apenas ao som do piano pelas mãos da própria. Ainda ao piano pudemos ouvir "Rainbow", um tema do 2º álbum da cantora There's a Flower In My Bedroom, lançado em 2013.

Depois de "Paspalhão", tema que soltou alguns sorrisos na plateia, Luísa Sobral chamou ao palco um convidado muito especial com o qual canta desde os 2 anos de idade. Salvador Sobral, irmão da cantora, interpretou com a artista a canção "Inês", da autoria da cantora e de António Zambujo, assim como "Stormy Weather", tema com o qual puseram o público a cantarolar.

"Alone" antecedeu o bem conhecido "João", tema do seu 3º disco que o público mostrou conhecer bem. Seguiu-se um momento que Luísa diz já fazer parte dos seus concertos, onde adapta um tema conhecido de outro artista à sua música. Apenas na percussão, juntamente com um dos seus músicos, a cantora entoou "Hello" de Adele, criando um momento divertido junto do público.

Seguiu-se o single "My Man" deste último disco, assim como os temas "Cupido" e "I Will Be Home With You Tonight", este último, dedicado aos momentos que sentimos saudades de estar em casa.

Já na reta final, Luísa fez soar um dos seus temas mais conhecidos, "Chico" foi cantado com um público que mostrou saber a letra e cantar sem vergonha.

Antes de terminar o espetáculo, a cantora proporcionou o momento mais emocionante da noite, onde apenas com um ukulele e sentada na beira do palco, interpretou o tema que escreveu quando soube que estava grávida do seu primeiro filho.

"Para ti" fechou o concerto de Luísa Sobral na Casa da Música, nesta que foi uma noite de apresentação do seu 4º disco Luísa – "Muito obrigada por terem vindo Porto, sem vocês não faria sentido estar aqui".

Fotos: António Teixeira
Texto: Daniela Fonseca


,