Imagine Dragons no NOS Alive: não houve dragões, mas vimos 4 animais de palco


Imagine Dragons no NOS Alive: não houve dragões, mas vimos 4 animais de palco

Os Imagine Dragons já nos habituaram a grandes espetáculos e o concerto de ontem não poderia ser exceção. Estiveram por cá em 2014 e já nesse ano mostraram de que fibra eram feitos.

Com uma energia desmedida, o grupo estadunidense tomou o palco de assalto e fez dele aquilo que bem entendeu. E fez tão bem. Juntos apenas desde 2008 contam já com inúmeros sucessos e com fãs espalhados pelo mundo todo.

"É tão bom estar de volta!" – Os Imagine Dragons subiram ao palco com o tema "Thunder" e demonstraram a satisfação de voltar a Portugal. Seguiu-se o tema "Gold" e a primeira descida do palco de Dan Reynolds para junto do público. Não foi uma noite fácil para os seguranças do vocalista.

"Nós vivemos num mundo que nos quer separar" – "It's Time" foi a primeira a arrancar os maiores aplausos da plateia juntamente com a declaração do vocalista ao dizer que estamos constantemente a ser divididos e que a raça e o terrorismo são exemplos disso.

Durante todo o concerto o vocalista fez uso de vários instrumentos de percussão, como é já hábito nas suas performances. O primeiro exemplo chegou com "Hear Me" mas manteve-se durante grande parte das canções.

Seguiu-se um momento da exclusividade do guitarrista Wayne Sermon que fez Algés arrepiar-se ao som dos seus acordes desconcertantes.

"I'm So Sorry" e "Bleeding Out" também alinharam o concerto e antecederam um dos temas mais esperados do concerto. "Demons" fez-se ouvir em Algés e foi impossível ficar indiferente a cada batida do tema de 2012 que é um dos mais marcantes da banda.

Já na reta final ouvimos a icónica "Top of The World" e a também familiar "Beliver". Dois temas que o público cantou com a alma e a emoção que a letra exige.

O espetáculo terminou com uma performance irrepreensível de "Radioactive" e com os festivaleiros a sentir, com a banda, todas as batidas da música.

Uma atuação exímia de 4 animais de palco que contribuem para fazer deste festival um dos melhores festivais do mundo.

Equipa Noite e Música Magazine no NOS Alive
Fotografia: António Teixeira
Textos e Social Feed: Miguel Lopes e Daniela Fonseca
Edição: Nelson Tiago


,