Vodafone Paredes de Coura: uma voz gigantesca no meio de tanta timidez em Big Thief


Vodafone Paredes de Coura: uma voz gigantesca no meio de tanta timidez em Big Thief

Adrianne Lenker estava visivelmente nervosa e comovida com a receção entusiasta por parte do público. Com a ausência do guitarrista Buck Meek por doença, havia algum receio no público presente que conhecia os americanos.

No entanto, apesar da maior parte do público estar ali para ouvir Dead Combo e Arcade Fire, os originários de Brooklyn deram um show fenomenal e apesar de Adrianne parecer tão frágil e tão tímida quando em palco, quando abre a boca para cantar sai um vozeirão absolutamente incrível. Com o seu college rock bem denotado, fizeram animar um público imenso (ainda não estavamos perto das 27 mil pessoas esperadas pela organização, mas estávamos cada vez mais perto).

Os Big Thief foram uma das mais agradáveis surpresas da noite e do festival, mostrando uma capacidade de adaptação que muitas bandas com mais 10 ou 20 anos em cima não possuem.

Equipa Noite e Música Magazine no Vodafone Paredes de Coura
Fotografia: Óscar Fernandes
Textos: Xavier Gonçalves
Edição: Nelson Tiago