Courtney Barnett no NOS Primavera Sound: Longa vida ao Rock


Courtney Barnett no NOS Primavera Sound: Longa vida ao Rock

Courtney Barnett foi o rock que este festival estava a precisar. Em palco, sempre acompanhada pela sua guitarra elétrica, a cantora e compositora australiana brindou o público com um belo espetáculo de música onde não faltaram os acordes chorados que este Primavera tanto gosta.

Em tempos já se ouviu muito rock neste Parque da Cidade. Agora são escassos os nomes que trazem consigo este som na bagagem e o fazem como deve ser. Courtney Barnett soube bem o que fez e o Primavera vibrou com cada um dos seus solos irrepreensíveis de guitarra elétrica.

A artista de 31 anos está a completar 10 anos de carreira na música e trouxe ao festival um pouco de tudo o que tem vindo a fazer. Deste último álbum Tell Me How You Really Feel, lançado em 2018, ouvimos temas como "I'm Not Your Mother, I’m Not Your Bitch", "Need a Little Time", "Nameless Faceless" e "Crippling Self Doubt and a General Lack of Self Confidence". Também "Everybody Here Hates You", lançado neste ano de 2019, não faltou aos festivaleiros que puderam finalmente estender a sua toalha na relva.

Sem grandes conversas, Courtney Barnett foi fazendo aquilo que já mostrou saber fazer muito bem: honrar o rock em estado bruto e limá-lo com a sua onda mais Indie-Alternativa.

O alinhamento foi correndo e contou com alguns temas do álbum da artista composto em 2015. De Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit pudemos ouvir as familiares "Elevator Operator" e "History Eraser". Esta última, com a participação da voz do público, que mostrou conhecer bem a canção.

Courtney Barnett foi sempre fiel ao seu rock fugindo uma ou duas vezes para um registo mais psychedelic que não combinada tão bem com o sunset que lhe dava fundo. Um concerto que trouxe o rock ao festival e não pareceu desiludir quem por lá parou.

Equipa Noite e Música Magazine no NOS Primavera Sound
Fotografia: Júlia Oliveira
Textos e Social Feed: Daniela Fonseca
Edição: Nelson Tiago