Tiago Bettencourt no NOS Alive: o que é nacional é bom


Tiago Bettencourt no NOS Alive: o que é nacional é bom

Tiago Bettencourt foi o único português a atuar no palco principal deste segundo dia e não desiludiu quem já marcava presença em Algés para mais um dia de festival. O antigo vocalista dos Toranja mostrou-se cheio de energia e nem um problema na guitarra o deixou incomodado.

Às 18:00h em ponto Tiago Bettencourt assumiu o Palco NOS e atuou para uma plateia já bem composta, tendo em conta a hora do concerto.

A "Canção De Engate" foi a primeira a chamar a atenção. O tema de 2012 não passou indiferente a este público que mostrou conhecê-la muito bem. Antes de poder continuar o espetáculo e de fazer soar o tema "Maria", Tiago Bettencourt teve um problema na guitarra e pediu ajuda a um técnico que viria a ser chamado pelo público durante o resto do concerto. Alberto, como nos foi apresentado, caiu em graça e tornou-se uma estrela para os festivaleiros, aqui se vê a boa disposição de quem por lá esteve.

Resolvida a situação, o concerto prosseguiu sem mais problemas e sempre com o artista a conversar e interagir com a plateia. "Se Me Deixasses Ser", primeiro single do álbum a sair em setembro, tem sido presença constante nas nossas rádios e não faltou no alinhamento do concerto.

"Este tema fala de luta, perseverança e de lutar no sentido certo" – lançada há apenas dois dias, "Partimos A Pedra" foi alinhada no concerto e havia quem já a conhecesse!

"Laços" e "A Carta", ambos temas dos tempos de Toranja, foram deixadas para a reta final e as mais cantadas pelo público. Entre as duas, ouvimos um tema que tem estreia prevista para setembro mas que o artista fez questão de apresentar. "Diz Sim" vai integrar o álbum a sair ainda este ano e já deixou sucesso prometido.

O concerto acabou com "Morena" e, nas palavras do cantor, com um sentimento de dever cumprido.

Equipa Noite e Música Magazine no NOS Alive
Fotografia: António Teixeira
Textos e Social Feed: Miguel Lopes e Daniela Fonseca
Edição: Nelson Tiago


,