Reportagem: Backstreet Boys no Campo Pequeno


Reportagem: Backstreet Boys no Campo Pequeno

Boyband norte-americana que já vendeu 130 milhões de discos em todo o mundo, atuou num Campo Pequeno praticamente esgotado.

A tournée da boyband norte-americana, Backstreet Boys, que passará por 27 cidades europeias, arrancou no Campo Pequeno, em Lisboa. O oitavo disco de estúdio do grupo, In a World Like This, foi apresentado em terras lusas.

No ano em que celebram os 20 anos de carreira, os Backstreet Boys continuam a ser, de acordo com o Guinness World Records, a maior boyband de todos os tempos, registando mais de 130 milhões de discos vendidos em todo o mundo.

Foi no meio de uma plateia calorosa e muito ansiosa, que no dia 18 de fevereiro, às 21H, que numa curta primeira parte, com não mais de meia hora, entraram em cena os The Exchange. Como típica boys band de miúdos que são, desbundaram e aqueceram o palco e o público, para o esperado concerto da noite. Foi pena a curta duração e a falta da conhecida paródia ao jogo da moda nas redes sociais, "The Candy Crush Song".

Seguiu-se meia hora de espera, e finalmente como previsto, pelas 22H00, no meio de "ondas" efetuadas num Campo Pequeno praticamente esgotado por "ex-crianças/adolescentes" afamados por reviver momentos únicos, que irromperam em palco os esperados e aclamados Backstreet Boys!

Com 20 anos de "casamento" feliz a aclamada boys band americana, iniciou em Lisboa, privilegiando o público português, a tournée do seu novo e oitavo disco, In a World Like This. Está tournée passará por mais 27 cidades europeias, e será recebida com toda a certeza em todas estas cidades com o mesmo entusiasmo que foi ontem sentido em Lisboa.

Num palco diferente, com avançados e elevações, todos conseguiram ver (e eu sou pequenina!) os movimentos de dança dos meninos que agora já são homens mais maduros e vividos. Por momentos as suas histórias separaram-se com o afastamento imperativo de Kevin (K. Richardson), aquele que era conhecido como o mais rebelde do grupo. Este novo cd e tournée, serviram para um reencontro feliz e emotivo como foi possível percebermos ao longo do concerto.

Houve momento de homenagens a um membro da equipa falecido no ano anterior e uma paragens brusca após o desmaio de uma menina no meio da plateia, demonstrando a preocupação e o carinho com os seus amigos e fãs.

Entre danças, canções tocadas em acústico e até mesmo à capela, e novos temas do último disco In a World Like This, não faltaram os grandes êxitos das suas maiores produções como Millenium, em 1999 e Black & Blue, em 2000. E quase no final, num ecrã gigante (como parte do decor do palco) onde foram passando, ao longo do concerto, imagens do passado, do presente também e algumas entrevistas, surgiu a surpresa não esperada do anuncio de um filme, sobre o grupo, que surgira em breve.

"I don´t care who you are, Where you´re from, What you did, As long as you love me… Backstreet´s back alright!". Por quase duas horas vi (mentalmente) e reviver os momentos em que recortava e colava pedações de revistas, ou me trancava sozinha no quarto a cantar e reproduzir as coreografias dos 5 meus lindos 5 meninos… Acho que com isto disse tudo!

Fotos: João Paulo Wadhoomall
Texto: Anaïs Vachier


,