• Pelos caminhos do NOS Alive [fotogaleria]

    A 13.ª edição do NOS Alive terminou este sábado mas a Noite e Música quer que continues a viver o espírito do festival. Andamos pelo recinto do passeio marítimo de Algés a fotografar o que por lá se passou. Estiveste por lá? Então esta galeria de fotos é para ti. Equipa Noite e Música Magazine no NOS Alive Fotografia: Júlia Oliveira Textos: Miguel Lopes Edição: Nelson Tiago

  • Smashing Pumpkins, Bon Iver e Thom Yorke no NOS Alive: Os headliners ficaram na escuridão

    Para o final, deixaríamos os headliners da noite, mas infelizmente não nos deixaram fotografar, preferindo deixar as imagens para os olhos do público presente (ou para as lentes de meios selecionados a dedo). Foi pena, pois se Bon Iver se sentiu um pouco deslocado num palco tão grande para a sua música mais experimental e intimista, já os Smashing Pumpinks sentiram-se em casa e voltaram aos anos 90, dando um concerto poderoso e estranhamente(?) extrovertido. De Thom Yorke, não é estranho dizer que se sente à vontade em qualquer palco e esteve completamente frenético a apresentar os seus trabalhos a solo e com os Atom for Peace. Fotografia Smashing Pumpkins: Nuno Fangueiro/Arquivo Noite e Música…

Reportagens / Galerias

Pelos caminhos do NOS Alive [fotogaleria]

A 13.ª edição do NOS Alive terminou este sábado mas a Noite e Música quer que continues a viver o espírito do festival. Andamos pelo recinto do passeio marítimo de Algés a fotografar o que por lá se passou. Estiveste por lá? Então esta galeria de fotos é para ti. Equipa Noite e Música Magazine no NOS Alive Fotografia: Júlia Oliveira Textos: Miguel Lopes Edição: Nelson Tiago

Smashing Pumpkins, Bon Iver e Thom Yorke no NOS Alive: Os headliners ficaram na escuridão

Para o final, deixaríamos os headliners da noite, mas infelizmente não nos deixaram fotografar, preferindo deixar as imagens para os olhos do público presente (ou para as lentes de meios selecionados a dedo). Foi pena, pois se Bon Iver se sentiu um pouco deslocado num palco tão grande para a sua música mais experimental e intimista, já os Smashing Pumpinks sentiram-se em casa e voltaram aos anos 90, dando um concerto poderoso e estranhamente(?) extrovertido. De Thom Yorke, não é estranho dizer que se sente à vontade em qualquer palco e esteve completamente frenético a apresentar os seus trabalhos a solo e com os Atom for Peace. Fotografia Smashing Pumpkins: Nuno Fangueiro/Arquivo Noite e Música…

The Chemical Brothers no NOS Alive: A rave habitual de som, luz e vídeo para fechar

A dupla Tom Rowlands e Ed Simons já é presença habitual nos palcos portugueses à mais de 20 anos. Repetem o fecho de um dia, como à três anos, e desta vez encerram o festival para a maior parte do público. Aproveitando o embalo dos Smashing Pumpkins e do intervalo nos palcos secundários, os britânicos contaram com muita gente para o seu set de mais de uma hora e foram transformando a relva do palco NOS numa gigante pista de dança, especialmente com clássicos com "Hey Boy, Hey Girl" ou "Galvanize". Tendo lançado No Geography à poucos meses, integram "Free Yourself" e "MAH" num alinhamento ainda pontuado com a surpresa "Temptation", dos New Order, no…

Marina no NOS Alive: Coreografias bonitinhas e muita cor

Marina, anteriormente conhecida como Marina and the Diamonds é uma londrina bem-comportada e admiradora das Spice Girls. Se, na música anda entre a pop mais indie de Florence ou mais comercial de Britney Spears ou Katy Perry, é nas coreografias que vai buscar à mais reconhecida girls band a inspiração. O alinhamento é essencialmente composto pelas músicas de LOVE + FEAR, o seu último álbum que a levou ao top das listas de audições e visualizações nas mais conhecidas redes sociais. Foi um concerto deslocado de um palco que tinha, no mesmo dia, Idles ou Thom Yorke mas, nota-se um esforço do festival para chegar aos públicos mais comerciais, confirmado com a presença de dois…

Idles no NOS Alive: Punk Rock is not dead

Idles no NOS Alive: Punk Rock is not dead

Depois de deliciarem público e crítica no concerto que deram no passado mês de novembro, os britânicos Idles voltaram a dar um grande concerto, com certeza o mais intenso deste NOS Alive. Sem acreditarmos que fosse possível, a banda punk rock de Bristol, conseguiu ainda extravasar mais intensidade e aproximar-se dos anos 70, em que bandas como os Sex Pistols davam cartas. O vocalista Joe Talbot não pára em palco, dispara em todas as direções com um discurso interventivo, tocando em causas como o nacionalismo, a imigração ou a desigualdade de classes. "Heel/Heal" abre com toda a intensidade, para logo vir a dedicatória de "Mother". Depois de "I'm Scum" e uma "Love Song" bem "suja",…

Rolling Blackouts Coastal Fever no NOS Alive: Rock from down under para animar as hostes

Os australianos Rolling Blackouts Coastal Fever abriram as hostilidades do terceiro e último dia do NOS Alive 2019. Já com muito mais público do que no dia anterior, as atenções estavam divididas entre os portugueses The Gift no palco principal e os aussies no Sagres. A banda de Melbourne trouxe a Portugal o seu álbum de estreia Hope Downs lançado em 2018 e conseguiu entreter um Palco Sagres já bastante composto e sedente de animação. A abrir, a batida forte de "Clean State" convidou ao bater de pé, seguida de um dos singles, "The Hammer". Apostando na rotação de vocalistas entre Fran Keaney, Tom Russso e Joe White, provocaram a maior reação do público surgiu…

Gossip no NOS Alive: Beth Ditto bem tentou, mas a festa terá de ficar para depois

Os Gossip regressaram a Portugal, e ao NOS Alive para a digressão comemorativa dos 10 anos de Music For Men e o álbum de 2009 domina o alinhamento. Beth Ditto, em pausa da sua carreira a solo, foi sempre bastante comunicativa e tentou puxar pelos resistentes que ficaram no meio do nevoeiro, para a ouvir. Sempre com desculpas por não falar português e com dedicatórias ao público LGBT, Beth lá foi mostrando o seu vozeirão nas canções de rock-pop bem dançável mas, mais uma vez, este dia mais vazio e o espaço não ajudaram os Gossip a fechar a noite no palco principal. "Pop Goes The World" abriu logo em ritmo convidativo às pistas de…

Grace Jones no NOS Alive: A diva negra ainda mete as jovens a um canto

Aos 71 anos, Grace Jones, a jamaicana que já foi modelo, atriz, produtora e é aqui cantora deu um espetáculo para não esquecer. Mais que um concerto, os espetáculos dela são um happening montado ao pormenor:  desde o início em que o palco está coberto por uma cortina preta, às constantes mudanças de roupa para adequar à música e ao espetáculo visual, até à constante postura performática da cantora. O início é com "Nightclubbing" de Iggy Pop e David Bowie, onde Grace se apresenta de máscara com uma caveira dourada, corpete, botas altas tal dominatrix e capa esvoaçante numa plataforma acima de uma banda competente, mas que quase nunca se vê ou tem destaque. Os…

Vampire Weekend no NOS Alive: O triunfo dos nerds fica guardado para mais tarde

Anunciados como os cabeças de cartaz desta noite, os Vampire Weekend acabaram por aparecer entre o nevoeiro da noite de Algés, mas não atraíram muita gente. Num dia que terá sido dos menos concorridos de sempre no NOS Alive, os naturais de Brooklyn vieram apresentar Father of the Bride lançado este ano. Foi, no entanto, com músicas mais antigas que começaram: "White Sky", "Unbelievers" e "Cape Cod Kwassa Kwassa" (um dos seus primeiros hits). A passagem no mais recente álbum deu-se quase de seguida, e de uma vez, com "Bambina" e as mais orelhudas "Harmony Hall" e "This Life". Pelo meio um cover de "New Dorp. New York" a homenagear a sua cidade natal. "Diane…

Entrevistas

Djodje em entrevista: "Sinto-me renascido. Sinto que tudo o que vem agora é novo e nunca aconteceu"

No dia em que esgotou o Campo Pequeno, Djodje falou com a Noite e Música e partilhou esta nova fase em que se encontra a nível pessoal e profissional. O artista mostrou-se muito agradecido pelo apoio do público e revelou que sente a sua vida num panorama renascido. O cantor do single "Atrevido" aproveitou o dia do espetáculo no Campo Pequeno para lançar o seu novo álbum Newborn como forma de agradecimento. No dia que esgotas o Campo Pequeno, lanças o teu novo álbum. A ideia foi surpreender os teus fãs? Eu anunciei que o álbum iria sair antes do Campo Pequeno mas nos últimos tempos percebemos que seria interessante fazer uma surpresa aos fãs,…

Tiago Nacarato em entrevista: "É importante participar nestes programas mas nunca perdendo a identidade"

O programa "The Voice" marcou a entrada de Tiago Nacarato para a música em Portugal e a estreia nos palcos de festivais foi uma consequência natural. Foi depois deste mesmo concerto de estreia no MEO Marés Vivas que a Noite e Música falou com o artista sobre a sua entrada no panorama musical e as maiores dificuldades neste processo. Tiago Nacarato revelou a importância da cultura brasileira na sua vida e ainda falou do seu álbum de estreia que tem data marcada para 2019. Acabas de atuar pela primeira vez neste festival que é o MEO Marés Vivas. Não posso deixar de te perguntar, qual foi a sensação de atuar neste palco? Foi algo maravilhoso….

Carolina Deslandes em entrevista: "Eu procurei fazer um disco que conta a vida exatamente como ela é"

No dia em que se estreou no maior palco do MEO Marés Vivas, Carolina Deslandes conversou com a Noite e Música e revelou as suas expetativas para o seu batismo neste festival do Norte. A artista falou do seu novo álbum e confessou que se poupa da pressão de criar sucessos procurando apenas criar canções que a orgulhem. Esta é a tua primeira vez a solo no maior palco do MEO Marés Vivas. Não posso deixar de te perguntar, quais são as expetativas para este concerto? O Norte põe-me sempre as expetativas em alta porque as pessoas são muito calorosas, muito recetivas e muito expressivas. Por isso eu venho sempre muito expectante. Tenho amigos que…

David Carreira à Noite e Música Magazine: "Eu escrevo sobre amor porque o amor é universal"

Pouco mais de um mês depois do lançamento do single "És Só Tu", conversamos com David Carreira sobre este novo trabalho e o sucesso da parceria com Inês Herédia. O artista falou também da importância que dá à escrita sobre o amor e sobre a sua nova tour que vai arrancar com novo formato já em julho. "És Só Tu" saiu há um mês e já é um tema de sucesso a nível de visualizações. Ao lançares este tema tiveste noção da amplitude que teria ou é sempre imprevisível? Eu quando lanço uma música tento imaginar sempre o melhor cenário. Esperamos sempre que a música corra da melhor forma possível e que chegue ao máximo…