• Harry Styles atua em maio em Lisboa

    Ex-One Direction vai apresentar-se pela primeira vez a solo em Portugal. Harry Styles acaba de anunciar a digressão mundial "Love On Tour", que tem como mote a apresentação do novo álbum Fine Line ao longo de 2020. A extensa série de concertos começa em abril, no Reino Unido, e passará pela Europa, com passagem confirmada por Portugal, dia 20 de maio, na Altice Arena, em Lisboa. De seguida, a tour segue para a América do Norte, terminando no México no final do próximo ano. Ao lado de Harry nos concertos europeus, está a estrela pop King Princess. Harry Styles esteve em Portugal em 2013 e 2014, para concertos com os One Direction em Lisboa e…

  • Cage The Elephant no NOS Alive

    Norte-americanos regressam ao festival de Algés. Os norte-americanos Cage The Elephant são a mais recente confirmação a juntar-se ao cartaz do NOS Alive'20. Na bagagem o grupo conta com quatro aclamados discos e trazem até ao Palco NOS, dia 10 de julho, o mais recente trabalho Social Cues editado no passado mês de abril. O álbum de estreia da banda, lançado em 2008, apresenta vários singles de sucesso em destaque nas principais rádios, como "Ain't No Rest for the Wicked", e ganhou imediata atenção internacional, que os projetou para a tabela da Billboard Alternative Songs. No entanto, 2013 foi o ano de ascensão do grupo com o lançamento do terceiro disco de estúdio, Melophobia, nomeado…

Reportagens / Galerias

Mark Lanegan no Lisboa ao Vivo: "All Hail Mr. Lanegan!"

Foi das brumas de uma Lisboa cheia de nevoeiro que saiu Mark Lanegan e a sua voz grave e intensa, qual cavaleiro solitário que se apresenta para o duelo mortal. Depois de uma primeira parte com o country rock do australiano Simon Bonney a entreter uma sala ainda despida de público, foi perto das 22 horas que Mr. Lanegan começou o concerto para um Lisboa ao Vivo não tão cheio como seria de esperar (reflexo da noite de futebol lá para os lados da Luz?). O início foi num registo mais dançável presente em Somebody's Knocking, o último álbum saído este ano. "Disbelief Suspension" e "Letter Never Sent" fazem abanar mais a anca do que…

Ornatos Violeta na Super Bock Arena: O "Monstro" reabriu o Palácio

Romaria na reabertura do renovado Pavilhão Rosa Mota para ver e ouvir a banda de Manel Cruz. As modernas instalações acústicas e as condições de conforto para o público juntaram-se à recordação dos temas que lançaram para o estrelato a banda portuense com o álbum O Monstro Precisa de Amigos. O espaço agora denominado Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota recebeu 8 mil pessoas que assistiram a 22 canções do "Monstro", que saiu da toca na noite de Halloween. Fotografia: António Teixeira

Pixies no Campo Pequeno: Mais de 30 anos da história do rock alternativo condensados em 2 horas

Foi uma romaria, cada vez mais habitual, a que se viu na Praça de Touros do Campo Pequeno para ver umas das bandas que mais influenciaram a história do rock alternativo dos últimos 30 anos. A banda de Boston, formada em 1986 é referência habitual para bandas como os Nirvana, Smashing Pumpkins ou os convidados da primeira parte, os Blood Red Shoes. Pixies A banda de Brighton, já presença habitual entre nós, veio apresentar o seu último álbum Get Tragic num curto concerto de 30/40 minutos, em que a sua vocalista Laura-Mary Carter mostrou a sua atitude rocker, de guitarra em punho e a fazer lembrar Alison Mosshart (The Kills). Foi um aquecimento bastante agradável…

Vodafone Paredes de Coura: Couraíso à beira rio onde se celebra a música, o tempo abranda e as preocupações tiram férias

Quem já foi ao Vodafone Paredes de Coura, indubitavelmente, quererá voltar. Lugar de descanso e cultura onde o stress fica à porta, o Couraíso é um marco de gerações e o clímax do ano de muitos melómanos. Ano após ano a encher de esperança a alma dos festivaleiros, eis a 27ª edição do Vodafone Paredes de Coura em imagens. Equipa Noite e Música Magazine no Vodafone Paredes de Coura Fotografia: Júlia Oliveira Textos: Gonçalo Neves Edição: Nelson Tiago

Suede no Vodafone Paredes de Coura: Históricos do Britpop encerram a 27ª edição do festival

A banda de Brett Anderson mostrou o seu vigoroso Britpop no palco maior do Vodafone Paredes de Coura. Faltava um quarto de hora para a uma hora da madrugada. O anfiteatro do Taboão presenciou a eletricidade dos Suede, comandados por Brett Anderson, no que seria o concerto de encerramento do palco principal e do festival Vodafone Paredes de Coura 2019 (excluindo os after hours). Decididos a deixar o seu lugar no corredor da fama courense, iniciando poderosamente teatrais com "As One" do seu mais recente álbum The Blue Hour (2018) seguido de "Outsiders" de Night Thoughts (2016). Anderson vive verdadeiramente o palco, é um "animal de palco" como se costuma dizer. Neste concerto não se…

Patti Smith lendária no Vodafone Paredes de Coura: Apaixonada e poética como nos primeiros tempos

Poder ver uma figura destas em solo português é sempre uma honra. Patti Smith continua aos 72 anos pujante como no tempo de Horses (1975), célebre obra do punk-rock americano dos anos 70 e que marcou gerações. De volta a Portugal após a presença em 2015, apresentou-se de chama na alma e exuberância na voz. Usando um pouco do seu estatuto de lenda viva e referência artística, Patricia Lee Smith procura conjugar os seus concertos com mensagens de intervenção e luta contra a opressão. "People Have the Power" de Dream Of Live (1988) abriu o espetáculo e incitou à revolução, relembrando o valor da liberdade que hoje tomamos como garantida. "Use your voice, we can…

Mitski no Vodafone Paredes de Coura: Atuação intrigante de uma artista peculiar

A artista de origem japonesa Mitski Miyawaki, atualmente radicada nos Estados Unidos da América, foi o segundo nome a atuar no último dia palco principal do Vodafone Paredes de Coura. Mais conhecida dentro dos amantes da música indie-rock por "Nobody" de Be The Cowboy (2018) e "Your Best American Girl" de Puberty 2 (2016) deu um concerto que assentava na sua interação com peças de mobiliário. A julgar pelas reações da plateia, a originalidade não terá chegado para compensar a unissonância das suas músicas e atrair as atenções do público. Equipa Noite e Música Magazine no Vodafone Paredes de Coura Fotografia: Júlia Oliveira Textos: Gonçalo Neves Edição: Nelson Tiago

Father John Misty no Vodafone Paredes de Coura: O Brilho encantador mas fugaz de Josh Tilmann

O penúltimo dia do festival Vodafone Paredes de Coura recebeu o emblemático Father John Misty. Entre  temas que marcam a sua carreira a solo, danças subtis mas não menos ousadas e elegância a contornar o seu tom de voz, este foi um concerto curto para tamanha genialidade em palco. 2015 foi o ano que viu Josh Tillman, mais conhecido por Father John Misty, seduzir o Vodafone Paredes de Coura com a sua figura carismática e a impressionante classe em palco. Nesse ano apresentou o aclamado "I Love You, Honeybear" de caráter biográfico e pessoal. Para a atuação do Vodafone Paredes de Coura de 2019, trouxe-nos Pure Comedy (2017) intenso, fatalista e idealista e God’s Favorite…

Spiritualized: E que tal um pouco de gospel no Vodafone Paredes de Coura?

Uma entrada sem aquecimentos, uma atuação de deixar gargantas a doer de tanto cantar, belos silêncios, belíssimas vozes. Os astros alinharam-se para um espetáculo surpreendente de Spiritualized numa noite em que até o frio foi espantado tamanho era calor emanado do palco principal do Vodafone Paredes de Coura. Os britânicos Spiritualized, nascidos pela mão mestra de J. Spaceman (como é conhecido Jason Pierce) trazem consigo desde 2018 um aclamado And Nothing Hurt de baladas que soam a um rock redentor e contemplativo, indubitavelmente espiritual. Ainda assim, foi num registo de "go Big or go Home" que entram em palco e iniciaram o espetáculo. Viajando aos anos 90, apresentaram "Come Together" de Ladies and Gentlemen, We…

Entrevistas

Djodje em entrevista: "Sinto-me renascido. Sinto que tudo o que vem agora é novo e nunca aconteceu"

No dia em que esgotou o Campo Pequeno, Djodje falou com a Noite e Música e partilhou esta nova fase em que se encontra a nível pessoal e profissional. O artista mostrou-se muito agradecido pelo apoio do público e revelou que sente a sua vida num panorama renascido. O cantor do single "Atrevido" aproveitou o dia do espetáculo no Campo Pequeno para lançar o seu novo álbum Newborn como forma de agradecimento. No dia que esgotas o Campo Pequeno, lanças o teu novo álbum. A ideia foi surpreender os teus fãs? Eu anunciei que o álbum iria sair antes do Campo Pequeno mas nos últimos tempos percebemos que seria interessante fazer uma surpresa aos fãs,…

Tiago Nacarato em entrevista: "É importante participar nestes programas mas nunca perdendo a identidade"

O programa "The Voice" marcou a entrada de Tiago Nacarato para a música em Portugal e a estreia nos palcos de festivais foi uma consequência natural. Foi depois deste mesmo concerto de estreia no MEO Marés Vivas que a Noite e Música falou com o artista sobre a sua entrada no panorama musical e as maiores dificuldades neste processo. Tiago Nacarato revelou a importância da cultura brasileira na sua vida e ainda falou do seu álbum de estreia que tem data marcada para 2019. Acabas de atuar pela primeira vez neste festival que é o MEO Marés Vivas. Não posso deixar de te perguntar, qual foi a sensação de atuar neste palco? Foi algo maravilhoso….

Carolina Deslandes em entrevista: "Eu procurei fazer um disco que conta a vida exatamente como ela é"

No dia em que se estreou no maior palco do MEO Marés Vivas, Carolina Deslandes conversou com a Noite e Música e revelou as suas expetativas para o seu batismo neste festival do Norte. A artista falou do seu novo álbum e confessou que se poupa da pressão de criar sucessos procurando apenas criar canções que a orgulhem. Esta é a tua primeira vez a solo no maior palco do MEO Marés Vivas. Não posso deixar de te perguntar, quais são as expetativas para este concerto? O Norte põe-me sempre as expetativas em alta porque as pessoas são muito calorosas, muito recetivas e muito expressivas. Por isso eu venho sempre muito expectante. Tenho amigos que…

David Carreira à Noite e Música Magazine: "Eu escrevo sobre amor porque o amor é universal"

Pouco mais de um mês depois do lançamento do single "És Só Tu", conversamos com David Carreira sobre este novo trabalho e o sucesso da parceria com Inês Herédia. O artista falou também da importância que dá à escrita sobre o amor e sobre a sua nova tour que vai arrancar com novo formato já em julho. "És Só Tu" saiu há um mês e já é um tema de sucesso a nível de visualizações. Ao lançares este tema tiveste noção da amplitude que teria ou é sempre imprevisível? Eu quando lanço uma música tento imaginar sempre o melhor cenário. Esperamos sempre que a música corra da melhor forma possível e que chegue ao máximo…