Phoenix no NOS Alive: um mergulho de Indie Rock, literalmente


Phoenix no NOS Alive: um mergulho de Indie Rock, literalmente

Os Phoenix foram os terceiros no Palco NOS mas garantiram a estreia de mergulhos para a plateia. O vocalista Thomas Mars atirou-se para o público no último tema, mas nada que já não tivesse feito antes.

A banda francesa de indie rock apresentou-se para um público já bem numeroso e não desiludiu quem esperava um bom concerto. O grupo formado em 1999 deu música aos festivaleiros e até fez tremer o chão com a intensidade dos instrumentos.

Apresentou um reportório de quase 20 músicas, entre as quais "Role Model" e "Girlfriend" mas o chão só tremeu na "Love Like a Sunset". O baixo invadiu Algés e o público não pareceu importar-se com isso. Ouviram-se, também, temas como "If I Ever Feel Better" e "Rome", depois, a partilha da satisfação do vocalista em voltar a Portugal.

Já na reta final, o tema "Fior di Latte", dos mais aclamados pela plateia. Um concerto alegre e ritmado que terminou com "Ti Amo" e com o tal crowd surfing do vocalista.

Equipa Noite e Música Magazine no NOS Alive
Fotografia: António Teixeira
Textos e Social Feed: Miguel Lopes e Daniela Fonseca
Edição: Nelson Tiago


,