Meo Sudoeste: dia 2 (8/08), com Gentleman e 5-30


Meo Sudoeste: dia 2 (8/08), com Gentleman e 5-30

5-30 juntaram em palco pai e filho. 40 mil pessoas na Herdade da Casa Branca dançaram pela madrugada dentro.

O dia 2 de Meo Sudoeste começou ao som dos ritmos africanos dos B4. O projeto angolano que junta Big Nelo a C4 Pedro interpretou temas como "Canta Comigo (Essa Keta)", tema original dos SSP e "Bo Tem Mel", canção de Nelson Freitas e C4 Pedro. No final do concerto a dupla convidou a atriz Rita Pereira para juntos cantarem "É Melhor Não Duvidar", o grande hit do projeto.

Os brasileiros O Rappa apresentaram na Zambujeira o seu mais recente trabalho, Nunca Tem Fim. O coletivo contagiou o público com o seu rap e reggae musculado, onde se destacou "Pescador de Ilusões", primeiro sucesso do grupo.

Depois subiram a palco os portugueses 5-30. O trio luso constituído por Fred Ferreira, Regula e Carlos Nobre deu o melhor concerto da noite no nosso entender. Um concerto com dois convidados especiais: o primeiro foi Kalú, baterista dos Xutos & Pontapés, para um momento de percussão com Fred Ferreira, o seu filho, momento que ficará na história pelo facto de ser a primeira vez que pai e filho pisam o mesmo palco em conjunto. O segundo convidado foi Sam The Kid, visto por muitos como o quarto elemento do grupo, foi chamado a palco para dar a sua voz a "A Dúvida" e "Pitas Querem Guito".

Depois do trio tuga, momento de regressar ao reggae com o alemão Gentleman. O concerto ficou marcado pela presença de Richie Campbell em palco. O cantor luso foi anunciado como "o meu irmão de uma mãe diferente" pelo alemão, para depois partilharam o palco no tema "The Journey", canção de New Day Dawn, editado durante o decorrer de 2013. Richie não perdeu a oportunidade de entoar o seu hit "That's How We Roll".

Sebastian Ingrosso regressou à Zambujeira do Mar, desta vez a solo para gáudio dos festivaleiros que aguardavam com ansiedade o DJ e produtor sueco. Apesar da extinção dos Swedish House Mafia, temas como "Save the World" e "Don't You Worry Child" ainda se encontram bem presentes no público, esse foi o pretexto para Ingrosso fazer uma viagem no tempo, num set sempre em crescendo.

Fotos: Eduardo Alberto/Oporto Agency


,