Lukas Graham encantaram e deixaram-se encantar no Coliseu dos Recreios [fotos + texto]


Lukas Graham encantaram e deixaram-se encantar no Coliseu dos Recreios [fotos + texto]

Considerados uma das revelações de 2016, os dinamarqueses Lukas Graham estrearam-se em Lisboa na noite passada perante um Coliseu dos Recreios a meio "gás".

O nome pode dar a ideia de que se trata de um artista apenas. Na verdade, Lukas Graham é um quarteto e foi na noite passada que se estrearam em Lisboa. O jovem australiano Hein Cooper, que tem acompanhado os Lukas Graham nesta última digressão e que editou em 2016 o seu álbum de estreia The Art Of Escape, esteve encarregado da abertura da noite.

Hein Cooper

"Everything starts with a guitar and a loop pedal".  E foi assim, munido de guitarra, loop pedal e uma incrível extensão vocal, que Hein Cooper se deu a conhecer ao público português: "Olá, olá olá!", disse à chegada. O cantautor apresentou ao Coliseu temas como "The Art Of Escape", "Rusty" ou ainda um cover do conhecido "I Need A Dollar". Sempre dando uso ao loop pedal, Hein Cooper fez da sua performance um verdadeiro e cativante one man show. "Overflow" deu por encerrada a prestação do cantor que deixou o palco para os aguardados Lukas Graham.

"Take The World By Storm" deu o pontapé de saída e Lukas Graham entraram em palco para o último espetáculo após seis meses de digressão. Sem ver a situação de forma negativa, Lukas, o vocalista e compositor do grupo, refere a lotação do Coliseu como um copo meio cheio e continua para quase hora e meia de concerto com o tema "Drunk In The Morning".

Lukas Graham

Juntos desde 2011, o jovem conjunto é composto por Magnus Larsson, Mark Falgren, Morten Ristorp e Lukas Forchhammer, que dá nome à banda. Mas, embora Lukas seja o evidente líder do conjunto, os restantes membros não se deixaram ficar para trás mostrando durante todo o espectáculo, com especial destaque nos solos, grandes aptidões musicais. Também na digressão com a banda, estiveram três instrumentistas de sopro que tiveram oportunidade de mostrar o seu valor ao público português que, como já é habitual, agradeceu com enorme carinho.

"Mama Said", "You’re Not There", "Don’t You Worry ‘Bout Me", foram alguns dos temas do álbum de estreia da banda, Lukas Graham, lançado em 2016, que fizeram parte do alinhamento. A audiência, sempre barulhenta e recetiva como é habitual da audiência portuguesa, recebeu a banda de braços abertos.

Não só um concerto de estreia, a prestação de Lukas Graham no Coliseu foi uma viagem de emoções: entre comoventes conversas acerca do falecido do vocalista, incríveis solos de saxofone ou o espanto do vocalista com a força do público portuguesa, a verdade é que, na noite passada, quem esteve no Coliseu saiu com um enorme sorriso na cara.

E foi ao som de "7 Years Old", o tema da banda que maior sucesso teve, que Lukas Graham se despediram de Portugal e da digressão prometendo voltar em julho e… sempre que possível.

Fotos: Rui Jorge Oliveira
Texto: Maria Roldão


,