EDP Beach Party [fotogaleria + texto]


EDP Beach Party [fotogaleria + texto]

Areal do Aterro foi invadido pelos amantes da EDM. Evento recebeu perto de 60 mil visitantes com grande representação espanhola. Dimitri Vegas & Like Mike, Steve Angello e DVBBS os mais aplaudidos. Yellow Claw a confirmação do talento.

O arranque da maior beach party da Europa começou de forma tímida e ao som do Melhor Ouvinte do Mundo, o espanhol Javi Leman. Com um belo pôr do sol como cenário de fundo, os presentes, apesar de poucos em número, eram muitos em animação.

Num final de tarde quente e um início de noite eletrizante, depressa a Praia do Aterro se encheu para partilhar os melhores sets de DJs de renome, arrancando com os talentosos portugueses, Digital Militia, naquele que acreditam ter sido o melhor momento das suas carreiras, até agora.

A dupla britânica Third Party trouxe até Matosinhos o seu progessive house, mas foram os efeitos especiais de Ummet Ozcan, perfeitamente combinados com o seu set, que levou o público ao êxtase.

Dimitri Vegas & Like Mike (na foto de artigo) era uma das duplas mais aguardadas da noite e corresponderam às expetativas. Like Mike não largou o microfone, através do qual ia dando instruções à assistência do que fazer, o mesmo dos irmãos que desceu até junto do público, para contentamento dos fãs.

Os italianos Vinai ficaram visivelmente satisfeitos com a sua performance de house eletrónico, sentimento partilhado pelo público entusiasta, que os acompanhou de braços no ar no seu mais recente tema, "The Wave".

Dyro, repetente em Portugal, extasiou os fãs com "Pure Noise" e demonstrou porque foi o DJ mais jovem a fazer parte do pódio de DJs.

Para encerrar em grande o primeiro dia da maior festa de música eletrónica, o trio holandês, Yellow Claw, a grande sensação do momento, levou o público ao delírio.

Deepblue, o vencedor português do Melhor Ouvinte do Mundo , iniciou o segundo dia da Nova Era EDP Beach Party e preparou os presentes para mais uma noite épica, seguido de Miguel Psi, veterano destas andanças e produtor musical da Rádio Nova Era.

Os Club Banditz, formado pelo Gonçalo e pelo João, foram mais uma presença portuguesa na Praia do Aterro, tendo trazido para a festa sets carregados de energia e boa disposição.

O público já estava lançado em euforia, quando entraram em palco Sunnery James & Ryan Marciano, com o seu mix de house e eletro house, tornando o ambiente num momento lendário.

Numa noite muito ao estilo sueco, "Children of The Wild", ou melhor, Steve Angello encheu o espaço de arrebatadores sons, efeitos especiais de arromba e muitos gritos por parte dos fãs. Antes deste brilhante artista, AN21, também ele de nacionalidade nórdica, trouxe a Matosinhos o seu house visionário e revelador.

E não estivéssemos perto do mar, o maior "Tsunami" já visto atingiu a Praia do Aterro, pelas mãos de DVBBS. A dupla chegou, arrasou e não parou. A sua energia era contagiante e foi impossível ficar parado, perante um Alex cheio de energia.

Coube a um dos criadores de "Dutch House" encerrar a maior cartaz de música eletrónica do país, com os seus sons de influência trance psicadélico: R3hab.

Foram duas noites memoráveis ao som dos melhores Dj’s de música eletrónica da atualidade, num areal que pareceu pouco extenso para tamanhas presenças.

Fotos: António Teixeira
Texto: Magda Santos


,