Diana Krall ao vivo na MEO Arena [fotos + texto]


Diana Krall ao vivo na MEO Arena [fotos + texto]

Vestida de negro, cabelo solto e perfeitamente desarrumado como já lhe é característico, a cantora canadiana fez magia no palco da Meo Arena.

Diana Krall já conta com 20 anos de carreira, 15 milhões de discos vendidos e é considerada um ícone do Jazz. Já produziu para Barbra Streisand e foi diretora musical do tema "Kisses on the bottom" (2012) de Paul McCartney.

Com 5 Grammys conquistados e 50 anos, a artista fez as delícias dos fãs e apreciadores que marcaram presença neste espetáculo.

Neste concerto que faz parte da sua digressão mundial "Wallflower", Krall trouxe músicas muito especiais para o público, desde os maiores sucessos às mais recentes.

Acompanhada por Anthony Wilson na guitarra, Karriem Riggins na bateria, Dennis Crouch no baixo, Stuart Duncan no violino e ainda Patrick Warren no teclado, Diana Krall agradeceu não só aos artistas como também ao público português. Para Krall, estar a atuar em Portugal é muito especial pois sente o carinho do público.

Houve até quem comentasse no público "Ela está muito sentimental hoje", pelo tom melancólico e de agradecimento que Diana deixava transparecer.

Músicas como "We Just Couldn’t Say Goodbye", "Sweet Man", "Sunny Side Of The Street", "Wallflower" e "You Cal This Madness" foram algumas das escolhas para a setlist deste concerto que encantaram o público.

A música "Let it rain" recebeu até um comentário da cantora – "Esta música foi feita há muitos anos mas continuo a senti-la como se tivesse sido hoje".

Sentada ao piano com a sua voz envolvente que cativa qualquer um, Diana Krall não desiludiu. O público ia trauteando algumas das músicas, uns abanando a cabeça acompanhando o som e outros saboreando o concerto com a sua cerveja ou gin.

Fazia-se sentir a voz de Krall mas também houve lugar para grandes momentos instrumentais. Estes, protagonizados pelos artistas que acompanhavam Krall, deram ao concerto um outro brilho carregado de talento.

A sonoridade na Meo Arena era rica, era cheia e os aplausos do público foram fervorosos.

Fotos: João Paulo Wadhoomall
Texto: Marta Costa


,