Cage The Elephant no Coliseu do Porto: a semana começa à segunda [fotos + texto]


Cage The Elephant no Coliseu do Porto: a semana começa à segunda [fotos + texto]

Uma noite de energia explosiva numa estreia na Invicta.

A chuva intensa não impediu que a sala mais emblemática da cidade do Porto voltasse a encher na noite de ontem, desta vez, para receber a banda norte-americana de Kentucky, os Cage The Elephant.

A primeira parte do espetáculo foi assegurada pelos Twin Peaks, banda também norte-americana, de Chicago. Uma abertura com certeza agradável para os fãs de Cage The Elephant que embora impacientes pela segunda parte do concerto mostraram-se animados e aderiram com vivacidade às músicas tocadas, um estilo um tanto semelhante à banda que se seguiria.

Finalmente, a multidão fez se ouvir quando os Cage The Elephant subiram a palco, não fosse este um dos concertos mais procurados deste início de ano. Inicialmente a banda iria atuar no Hard Club, no entanto, devido à inesperada adesão mudaram-se para o coliseu para responder à procura dos fãs.

O concerto, que durou cerca de uma hora, iniciou-se com a primeira música do mais recente álbum da banda, Tell Me I’m Pretty, lançado em dezembro de 2015. A energizante "Cry Baby", bem conhecida pelo público serviu de mote para um noite inesquecível. Seguiram-se temas como "Too Late To Say Goodbye" ou "Cold,Cold,Cold" que depressa conseguiram elevar a fasquia daquela noite de segunda feira.

Embora a banda tenha lançado recentemente um álbum não puseram de lado o álbum anterior a este, Melophobia (2013). Fez-se assim ouvir numa sala praticamente esgotada "Spiderhead" e, é claro, "Cigarette Daydreams", capaz de abraçar uma plateia e de não deixar ninguém indiferente.

Durante a noite, não ficaram esquecidos temas como "Trouble", "Mess Around" e "Punchin'Bag".

A noite termina com um cover: "Jane's Last Dance" de Tom Petty em que Matt Shultz, vocalista da banda americana, escolhe acompanhar com uma harmónica, fazendo as delícias do público.

Para além de guitarras e guarda chuvas partidos em palco, o vocalista confessou que a banda adorou passear na cidade Invicta e que deve ser maravilhoso acordar todos os dias numa cidade tão bonita, fazendo com que o público se ouvisse a alto e bom som.

A banda encerrou ontem a tour europeia na cidade Invicta, mas regressam a palcos lusos ainda este ano, a 8 julho no festival NOS Alive, em Algés.

Fotos: António Teixeira
Texto: Rita Pereira


,