Boyce Avenue ao vivo no Coliseu dos Recreios, em Lisboa [fotos + texto]


Boyce Avenue ao vivo no Coliseu dos Recreios, em Lisboa [fotos + texto]

Coliseu de Lisboa repleto de público jovem encantou o grupo norte-americano Boyce Avenue.

Com o concerto marcado para as 21H30, a abertura ficou ao cargo do sueco Andres Moe, que apresentou Before the Rumble Comes, um trabalho com alguns temas românticos. Acompanhado de guitarra e de um instrumento de percussão, ia marcando o ritmo, puxando um pouco por todos que o iam acompanhando com as palmas.

Depois do pré-aquecimento, o público maioritariamente jovem, enchia a parte baixa do Coliseu e aguardava com grande entusiasmo a subida ao palco dos Boyce Avenue, grupo que gerou grande sucesso e conquistou milhares de fãs de todo o mundo através do Youtube. Após algum tempo de espera, subiram ao palco e apresentaram canções tanto dos seus trabalhos de estúdio, "All You’re Meant To Be" e "All We Have Left" como alguns covers de músicas conhecidas e sonantes do meio pop/rock mundial.

Com uma chegada tímida, a noite abriu com "I’ll Be The One", single de 2014, num palco com um cenário simplista e em tons azulados, onde houve espaço para o cantor Alejandro Manzano e mais 3 elementos, das quais integram os seus dois irmãos (Fabian e Daniel Manzano) e o baterista Jason Murrows, mostrarem que não vieram para dar um simples passeio pela Europa. Questionaram o público, acerca de quantos dos que ali estavam, os tinham conhecido através da internet e prontamente muitos levantaram os telemóveis em sinal de presença.

A noite prosseguiu tímida, com a interpretação de "Use Somebody", um hit dos Kings of Leon e o tema "Imperfect Me". Aos poucos Alejandro ia interagindo com o público. "Lisbon!!", exclama o cantor, "this is one of the best cities in the world"! – Revela o seu encanto pela capital e pelo país e afirma que espera que esta não seja a última vez que aqui vêm. Em seguida continuam com temas do seu repertório como é o caso de "Cinderella", um tema que apela à coragem de uma jovem, sempre num cenário romantizado como os Boyce Avenue já nos habituaram. Algumas músicas mais sonantes como "Love Me Like You Do" de Ellie Goulding e "Thinking Out Loud" de Ed Sheeran, puxavam pelas vozes de muitos casais e fãs ali presentes na sala, que cantavam e demonstravam um afeto sem igual.

A noite continuou com uma mágica romântica muito própria, colorindo os corações mais sensíveis, numa festa de temas como "Wonderwall" dos Oasis até "Fast Car" de Tracy Chapman, numa versão calma e bastante envolvente. O tempo ia passando de maneira vertiginosa, e sem darmos conta, aproximava-se o final do espetáculo. O primeiro grande conjunto de canções fechava-se com o tema "Hello" de Adele, que estoirou nos tops musicais mundiais. Cada música é um motivo para todos cantarem e entrarem no espírito dos irmãos Manzano.

O grupo voltaria para o fantástico encore da noite, em que interpretaria mais 3 temas. Estava assim terminada mais uma grande noite na mítica sala do Coliseu de Lisboa, que apesar de não ter esgotado na sua totalidade, esteve bem composta para ouvir esta banda de sucesso internacional norte-americana, numa grande tour europeia e que certamente será dificilmente esquecida no coração daqueles que aqui estiveram presentes.

Fotos: Vítor Barros
Texto: Rita Costa


,