Alphaville no Coliseu: Um Porto a "soar a melodia"


Alphaville no Coliseu: Um Porto a "soar a melodia"

Os Alphaville estiveram no Coliseu do Porto para um concerto de grandes sucessos que preenchem estes 30 anos de carreira. A banda alemã atuou no Porto depois de ter estado em Lisboa no dia anterior. Uma noite de sala quase lotada, muita euforia e temas bem conhecidos que se tornaram intemporais.

"Bem-vindos ao espetáculo" – Marian Gold, o vocalista original da banda, deu assim abertura a um concerto que durou quase duas horas. Em palco, além de Marian Gold, estava Carsten Brocker nas teclas e mesa de mistura; Dave Goodes na guitarra; Jakob Kiersch na bateria; E Alexandra Merl no baixo. A baixista foi a última a integrar a banda em 2016.

Foi com "Homeos" que as primeiras notas se começaram a ouvir. Seguiu-se "I Die For You Tonight" e a impressão de que o concerto iria ser alucinante, não só pelos temas mas também pelo volume excessivo do som na sala. "Heartbreak" e "Rendezvoyeur" aqueceram o coliseu para aquele que foi o primeiro grande momento da noite.

"As pessoas costumam conhecer esta música e nós ainda gostamos de a tocar" – "Big In Japan" levantou várias pessoas das cadeiras para o som de 1984 que se tornou o primeiro single da banda alemã. De volta às cadeiras, as pessoas puderam disfrutar de temas como "Dance With Me" e "Heaven On Earth". A banda mostrou-se muito animada durante todo o espetáculo e não fez nenhuma interrupção nas quase duas horas de performance.

"Às vezes temos que escolher entre o bem e o mal, às vezes deixamos que decidam por nós" – Num discurso bastante encenado e até teatral, o vocalista introduziu "Nevermore", um tema que contou com imagens intrigantes e enigmáticas de um mimo projetado nos ecrãs em palco.

A passos largos para o fim do concerto, ouvimos "Victory Of Love" mas os grandes êxitos estavam guardados para o fim do tempo regulamentar. "Sounds Like A Melody" levantou o coliseu inteiro para dançar ao som deste tema de 1984 que se tornou muito popular e manteve-se um dos grandes sucessos da banda. Mais conhecido, só mesmo o tema que encerrou o alinhamento.

"Nós sabemos que vocês sabem esta, cantem connosco" – "Forever Young" fez-se ouvir no Coliseu do Porto e encantou até o vocalista. O público portuense cantou este tema de 1984 em bom som e não falhou uma única nota. A afinação da plateia na emblemática canção dos Alphaville deixou Marian Gold impressionado e agradecido pelo carinho. Término perfeito para a saída da banda do palco. De pé, as pessoas pediam mais.

Não foi preciso pedir muito e a banda voltava para o palco para mais quatro temas. O encore contou com temas como "The Jet Set", "Monkey In The Moon" e terminou com "Beyond The Laughing Sky".

Uma noite de festa e ritmos alucinantes que lembraram o público dos gloriosos anos 80 da música internacional. A banda alemã despede-se de Portugal e parte para mais concertos na Europa.

Fotos: António Teixeira
Texto: Daniela Fonseca