Jorge Lopes sobre o MEO Marés Vivas: "Quem muda, Deus ajuda" - Noite e Música Magazine

Jorge Lopes sobre o MEO Marés Vivas: "Quem muda, Deus ajuda"


Jorge Lopes sobre o MEO Marés Vivas: "Quem muda, Deus ajuda"

O MEO Marés Vivas vai mesmo mudar de local mas esta mudança não preocupa Jorge Lopes. O diretor do festival desconsidera a possível perda de identidade e brinca dizendo que "Quem muda, Deus ajuda". A verdade é que o festival vai andar apenas 400 metros para a frente e acrescentar à vista para o Rio Douro, a vista para o Oceano Atlântico.

"Vamos finalmente ter um espaço onde vamos fazer mais e dar mais aos nossos festivaleiros" – Em declarações à Noite e Música Magazine, Jorge Lopes considera apenas aspetos positivos nesta mudança de local porque acredita que não há nada que se vá perder com a mudança. De 25 mil pessoas, o MEO Marés vivas vai acolher agora um total de 40 mil festivaleiros.

Este aumento vai permitir, na opinião do diretor do festival, "posicionar melhor o festival" a vários níveis. Questionado sobre a permanência da identidade familiar deste festival, Jorge Lopes garante que esse formato é para manter. "Só neste festival é possível juntar nomes como Scorpions e Expensive Soul sem parecer absurdo" – este modelo é, para o diretor, uma forma de fazer com que as pessoas gostem de géneros diferentes de música e se divirtam de igual forma.

No que toca à bilheteira, Jorge Lopes diz que "as vendas estão a corresponder" e que os objetivos estão a ser cumpridos. A diferença deste ano é que as pessoas que tentavam comprar bilhete à última da hora e já não conseguiam por estar esgotado, vão poder fazê-lo. Recorde-se que o MEO Marés Vivas esgotava normalmente com dois meses de antecedência.

A menos de um mês do MEO Marés Vivas, as expectativas são grandes para conhecer o novo local e para perceber como se manteve a identidade do festival do Cabedelo mas para Jorge Lopes "o ADN está lá".

O MEO Marés Vivas realiza-se nos dias 20, 21 e 22 de julho e, permanecendo na Praia do Cabedelo, muda agora para a zona da Antiga Seca do Bacalhau.

Os bilhetes para o MEO Marés Vivas já se encontram à venda nos locais habituais a preços que vão dos €35 (diário) aos €65 (passe três dias). Há também um passe VIP à venda por €150.

A planta do novo recinto do MEO Marés Vivas:

Cartaz MEO Marés Vivas