Vodafone Paredes de Coura: dia 1 (19/08), com TV on the Radio e Blood Red Shoes


Vodafone Paredes de Coura: dia 1 (19/08), com TV on the Radio e Blood Red Shoes

A festa, o convívio e a música duram já há alguns dias para muitos campistas, mas ontem foi o primeiro dia oficial do festival Vodafone Paredes de Coura, que, como esperado, contou com um recinto bem cheio.

A honra de inaugurar o Palco Vodafone coube aos portugueses Gala Drop, banda lisboeta já com dez anos de carreira e que alia sonoridades kraut a ritmos africanos. Depois de um concerto contagiante, os ânimos acalmaram-se durante Ceremony, que foram seguidos da banda britânica Blood Red Shoes.

O dia já tinha acabado quando subiram ao palco os Slowdive, banda britânica pioneira de shoegaze, que ainda há pouco mais de um ano marcou presença no NOS Primavera Sound. No entanto, deram um espetáculo ainda mais brilhante e coeso ontem, onde milhares de pessoas vibraram ao som de temas como "Dagger" ou "Allison", tendo acabado com o tema original de Syd Barrett, "Golden Hair".

Para cabeça de cartaz, o festival convidou os Tv On the Radio, que cumpriram e contagiaram o público que se amontoava ao longo do anfiteatro natural. A banda de Brooklyn de Tunde Adebimpe e Kyp Malone presenteou-nos com temas do último disco como "Could You" e "Winter", aliando-os a outros temas já conhecidos do público como "DLZ" ou o famoso "Wolf Like Me". Foi, aliás, o único concerto em que se notou algum descontrolo das infraestruturas do festival, pois o entusiasmo do público levou a um crowdsurfing e moche que levaram a banda a apelar para uma diversão em segurança — segundo Adebimpe, os fãs mais corajosos junto à grade estavam prestes a ser esmagados.

De resto, o festival mostrou-se à altura do desafio das mais de 25.000 pessoas, sendo de realçar algumas mudanças subtis nalgumas áreas do recinto, nomeadamente nos acessos e na zona da restauração.

Os mais resistentes ficaram ainda para a estreia do Palco Vodafone FM (também apelidado de "After Hours"), com o surpreendente DJ Set de Fra — DJ residente em Barcelona — que apostou numa eletrónica consistente e até sombria, próxima do techno, fugindo dos temas mais comerciais a que estamos já habituados nos finais de noite de Coura. As escolhas conquistaram o público, e assim se fechou em beleza o primeiro dia da 23ª edição do festival.

Fotos: Hugo Sousa/OA
Texto: Lídia Queirós


,