Tindersticks no Coliseu dos Recreios, em Lisboa: reportagem


tinderstickslisboa

Coliseu de Lisboa recebeu o espetáculo de celebração dos 20 anos de carreira dos Tindersticks, dividido em dois atos.

Num Coliseu, sem se encontrar cheio, apresentava-se um público de uma geração que tem acompanhado, de uma forma fulgurante, os já 21 anos de carreira dos Tindersticks.

O espetáculo fora dividido em dois atos distintos. No primeiro, tivemos uns Tindersticks muito intimistas entusiasmados, num tom monocórdico em que a voz de Stuart Staples vagueava por melodias taciturnas e calmas, dando a adivinhar um concerto longe das glórias do passado.

Após um intervalo, é-nos revelado uns Tindersticks completamente renovados. Uma luz, uma energia, começou a emanar do palco do Coliseu. O prognóstico negativo que se antevia, caia completamente por terra. Um novo ritmo foi imposto e o público começou já a vibrar e a levar-se na voz grave de Staples. Com uma forte ovação no final, o grupo regressa para um encore onde apresentou singles que os posicionaram no estrelato do panorama musical internacional.

Os Tindersticks são uma banda muito coesa e mostraram que ainda têm muito para oferecer ao público.

Fotos: João Paulo Wadhoomall
Texto: Hugo Pereira


,