SOJA ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa [fotos + texto]


SOJA ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa [fotos + texto]

SOJA conquistam Campo Pequeno com casa cheia.

Foi no Campo Pequeno que os Soldiers Of Jah Army, mais conhecidos como SOJA, se despediram da tour de 2016. Os portugueses Supa Squad aqueceram o ambiente para uma grande noite de reggae em Lisboa.

Às nove horas entraram em palco os Supa Squad. Juntos desde 2013, Mr. Marley e Zacky Man receberam a bênção dos SOJA e ficaram encarregues da abertura da noite. Trouxeram apenas bateria e DJ, mas foi a energia contagiante dos dois cantores que encheu o palco. "Jah Jah Bless Me", "Top General" ou "One Love" foram alguns dos temas que fizeram os 40 minutos de concerto preenchidos de reggae e dancehall.

Mas foi sem dúvida a entrada dos SOJA em palco que mais se fez sentir no Campo Pequeno. Embora a vinda dos americanos a Portugal não seja novidade, tanto a banda como o público comprovaram que mais não é demais. A plateia esgotada e o público da bancada de pé durante todo o concerto reforçaram isso mesmo.

Para abrir o apetite "Sorry" e "Mentality" ecoaram no Campo Pequeno. Em palco havia sopros, baixo, teclado, guitarras, bateria e percussão e, embora Jacob seja o claro líder da banda não roubou a atenção a nenhum dos outros membros que impressionaram com grandes solos. Nos background vocals todos os músicos, excepto os percussionistas, demonstraram ter boa voz. Trevor Young, o guitarrista que acompanha Jacob, impressionou o público ao cantar temas como "Shadow" ou "You And Me".

"I know it's hard now for you to see" – assim começa "She Still Loves Me", o tema que a banda gravou em 2012 e para o qual convidou Collie Budz a participar. Foi este um dos primeiros momentos altos da noite. "Not Done Yet", "True Love" e "You Don’t Know Me", foram outros três grandes clássicos da banda que fizeram parte da setlist e deixaram ao rubro a multidão que cantou de cor todos os temas. O público, que sempre se manteve responsivo, acompanhou os SOJA em todos os momentos quer com isqueiros no ar, quer com palmas.

"I Believe" foi o tema que antecedeu a primeira saída de palco da banda. "SOJA" – grita o público até conseguir trazer de volta ao palco todos os músicos. Para este encore, os SOJA reservaram "Tear It Down", tema do último álbum de estúdio lançado pela banda em 2014, e o clássico "I Don’t Wanna Wait", música de 2009. Foi este último o tema que deu por terminado a atuação dos norte-americanos em Lisboa.

SOJA, o grupo, liderado por Jacob Hemphill, a voz inconfundível dos soldados, trouxe a Lisboa não só uma boa experiência musical como uma setlist memorável, repleta não só de clássicos mas também de músicas inéditas do álbum que ainda está para vir. A energia da banda, aliada da motivação do público, fizeram valer a pena a ida à praça de touros na noite passada. Foi assim, em grande, que os SOJA se despediram da tour deste ano prometendo trabalhar agora no novo álbum.

Fotos: Rui Jorge Oliveira
Texto: Maria Roldão


,