Rock in Rio Lisboa: dia 2 (20/05), com Queen, Mika e Fergie


Rock in Rio Lisboa: dia 2 (20/05), com Queen, Mika e Fergie

O Rock in Rio voltou a abrir as portas para o segundo dia de Rock. A Bela Vista foi o destino escolhido por mais de 74 mil pessoas que vieram à cidade do Rock para mais um dia de festival.

Não foi o calor que se fez sentir no recinto que impediu os festivaleiros de usufruírem de mais um dia animado pelo Rock in Rio Lisboa. Antes do início do primeiro concerto, houve quem aproveitasse para se deitar na relva, para ver os ‘moves’ na street dance, ouvir os sons do Brasil na Rock Street e até para dar uns mergulhos na piscina da tenda eletrónica.

O Palco Vodafone abriu sob o comando dos Pista, o energético trio do Barreiro que se juntou há menos de um ano foi o premiado pela Vodafone para abrir neste dia 2. Seguiram-se os Sensible Soccers, o grupo português lançou o segundo álbum Villa Soledade como mote para o Rock in Rio deste ano e aqueceu o palco para os brasileiros Boogarins fecharem mais um dia de Palco Vodafone. A banda de rock psicadélico e progressivo interpretou temas do primeiro álbum como "Tempo" mas também brindou o público com "Infinu", tema do EP As plantas que curam, editado em 2013.

O segundo dia de rock trouxe quase 30 graus de temperatura a Lisboa mas, mais uma vez, quem aqueceu o Palco Mundo foi o Musical do Rock in Rio. Durante todos os dias de festival vamos poder ver esta produção de música e teatro que parte das comemorações dos 30 anos de Rock in Rio e que conta a histórias de quem pisou estes palcos desde a primeira edição nos anos 80. Durante quase uma hora podemos ver 40 artistas a interpretar temas desde "High way to hell" de AC/CD, "Sweet Child O’Mine" de Guns N' Roses e "Kiss" de Prince até "Não chores mais" de Gilberto Gil e "O canto da cidade" de Daniela Mercury. Uma viagem que vai buscar 30 anos de concertos memoráveis deste Rock in Rio. Para além do Musical, a organização já anunciou que vai lançar também um livro de colecionador e um filme.

A Fergie foi o primeiro nome do cartaz a chegar ao palco principal do Rock in Rio neste dia 20. A cantora estadunidense que se lançou na carreira a solo em 2006 pôs a Bela Vista a cantar temas seus mas também de Black Eyed Peas, banda com a qual começou a sua carreira na música. "I’m so glad to be here. It’s really good to be back on this stage. I’m feeling so much love and energy", a cantora mostrou-se encantada pelo público português durante todo o concerto e mesmo cantando que as "meninas crescidas não chorem", Fergie emocionou-se. Um concerto energético e com muita dança onde ouvimos "Fergalicious", "My humps", "I got a feeling" e onde houve também tempo para homenagear Prince.

Quem não deixou a energia perder-se em palco foi Mika. O cantor britânico do Pop Rock pôs a Bela Vista a cantar temas bem conhecidos como "Golden", "Promised Land", "Relax" e "Grace Kelly" e durante a sua performance houve ainda tempo para interpretar "Meu Fado Meu" e ir buscar a fadista Mariza às costas para o palco. Antes de deixar o palco, Mika protagonizou um dos momentos mais bonitos da noite pedindo ao público para ligar a luz do telemóvel ao som de "Love today": "I can see thoughsads of stars right now, you are each one of them (…) Obrigado Lisboa".

Passavam 15 minutos da meia-noite e começou a atuação mais esperada do dia: Queen e Adam Lambert sobem ao palco para duas horas de música que o público tão bem conhece. A banda britânica dos anos 70 partilhou o palco com o jovem Adam Lambert que se mostrou agradecido e honrado: "thank you so much for letting me share the stage with these legends, there are only one Freddie Mercury and with all the respect lets celebrate him tonight."

"The hero" e "Hammer to Fall" foram as primeiras músicas da noite, seguiram-se as bem conhecidas "Break free" e "Somebody to love" que puseram a Bela Vista a cantar. O momento que se seguiu foi mais uma prova de que, além de um concerto, esta tour pretende ser uma homenagem: O guitarrista e compositor Brian May tocou e cantou o tema "Love of my live" e pudemos ouvir já no fim a voz de Freddie Mercury e as suas imagens no ecrã. Também o baterista Roger Taylor lembrou o cantor tocando "I still love you" junto com a voz de Freddie.

"The show must go on" e como não podia faltar, ouvimos Adam Lambert interpretar "Don’t Stop Me Now", "Another One Bites The Dust", "I want it all" e antes que o Rock in Rio pudesse recuperar o fôlego já se cantava "Who Wants To Live Forever".

Seguiu-se um dos temas mais emblemáticos da banda britânica, "Bohemian Rhapsody" que juntou mais uma vez a voz de Adam e Freddie, acompanhadas pelas vozes dos milhares de pessoas que a conhecem na perfeição.

"We Will Rock You" e "We Are The Champions" foram as últimas músicas que se ouviram no segundo dia do Festival do Rock. Para a semana voltamos para te contar tudo do Rock in Rio Lisboa!

Equipa Noite e Música Magazine no Rock in Rio Lisboa
Fotos: Carlos Valadas
Textos: Rita Costa e Daniela Fonseca


,