Os bastidores do Cirque du Soleil [fotogaleria]


Os bastidores do Cirque du Soleil [fotogaleria]

Depois de dez dias de descanso da tour, o Cirque du Soleil estreou dia 5 a primeira de dez dias de sessões em Lisboa. E foi com toda a simpatia que a equipa recebeu a imprensa portuguesa para uma tarde bem passada nos bastidores da MEO Arena com direito a assistir aos ensaios dos prestigiados acrobatas.

À chegada decorria o treino dos baloiços russos, o ato que dá por terminado o espetáculo Varekai, escrito por Dominic Champagne. Enquanto os atletas russos saltavam destemidamente de baloiço em baloiço, Julie Desmarais, responsável pela divulgação da tour, respondia amavelmente a algumas perguntas dos jornalistas. E foi através de Julie que a equipa da Noite e Música desvendou alguns dos segredos por detrás da enorme produção que é o Cirque du Soleil.

Os acrobatas, as estrelas mais evidentes de todo o Cirque du Soleil, têm regimes de treino individuais e são acompanhados de perto por treinadores, médicos e fisioterapeutas para que se mantenham na melhor condição física e acidentes sejam evitados. Um ginásio completo viaja com a equipa do circo na tour para que todos os artistas possam sempre treinar e aquecer para o espetáculo.

Apenas em Varekai estão representadas 21 nacionalidades (um português incluído) num total de 100 membros que, enquanto em tour formam uma grande família: "When we are on tour this is our family", disse Julie. Destes 100, 50 são performers (acrobatas e músicos) e dos restantes fazem parte médicos, fisioterapeutas, treinadores, costureiras e, entre outros, técnicos de audiovisuais. O enorme e complexo palco demora 12h a montar e é transportado em 22 camiões. Os fatos de lycra usados pelos acrobatas foram criados pela designer japonesa Eiko Ishioka para cuidadosamente representar a floresta onde se passa a história de Varekai. Ao som de "Through The Never", dos Metallica, as costureiras faziam alterações e arranjos de última hora sempre à medida de cada um dos artistas para que nada falhasse na hora do espetáculo.

O Cirque du Soleil é a perfeita união entre o trabalho árduo e a paixão pelo espetáculo. A equipa de técnicos e artistas viaja junta pelo mundo formando assim uma enorme família, o que transparece diretamente no resultado final de Varekai, emocionando e impressionando o público.

Fotos: Alexandre Paixão
Texto: Maria Roldão


,