Lianne La Havas ao vivo no EDP Cool Jazz [fotos + texto]


Lianne La Havas ao vivo no EDP Cool Jazz [fotos + texto]

Lianne La Havas nasceu há 25 anos em Londres e começou a dar nas vistas como backvocal de Paloma Faith. Em 2012 lançou o seu primeiro álbum Is Your Love Big Enough?, três anos depois e a uns dias de lançar o seu novo trabalho é chegada a hora de pisar solo português pela primeira vez.

A terceira noite da 12ª edição do EDP Cool Jazz atraiu menos pessoas e o vento decidiu aparecer nos Jardins do Marquês de Pombal. À hora marcada a plateia estava composta e para começar a aquecer o DJ e Produtor Jérémie Moussaid Kerouanton; mais conhecido por iZem (acrónimo de "In Ze Early Morning") é chamado a palco. Pelo meio da fumaça o francês dirigiu-se para junto da sua mesa de mistura e num português com entoação brasileira apresentou-se e arrancou com o seu set. Neste foram incluídos alguns temas de Hafa, o seu mais recente trabalho e é impossível catalogar todos os estilos musicais e influências, mixando tons africanos e arábicos com batidas típicas do jazz. O seu set foi eficaz, contudo as cadeiras do publicaram impossibilitaram que o recinto se transforma-se numa descontraída pista de dança, acabando por embelezar ainda mais o espaço com uma banda sonora que nos fez viajar de lés a lés.

É chegada a hora de aterrar a aguardada estreia internacional do festival; Lianne La Havas que entra em cena de forma tímida e aplaudida e "Unstoppable" (single de avanço de Blood, trabalho que chega às lojas a 31 de julho) e mostrou que iria ser um concerto imparável. Para além de uma voz única e apaixonante a britânica possui vários dotes musicais e não se inibe perante vários instrumentos e para o provar agarrou-se a uma guitarra e interpretou "Green and Gold", mais um tema do novo álbum que possui uma sonoridade completamente diferente do seu antecessor. Lianne foi às suas raízes e inspirou-se na Jamaica e nos seus ritmos, misturando a sua sonoridade de Soul e Jazz a elementos de R&B, Reggae, Gospel e até doo-wop. Este contraste foi notório quando o tema que dá título ao álbum de estreia apareceu no reportório.

A nível musical a banda tem uma elevadíssima qualidade e a maneira como se exibe enche o palco. Juntando a postura elegante e única de Lianne à sua potente voz somos obrigados a viajar de imediato e a visita a "Tokyo" deu-nos ainda mais vontade de continuar a exploração a Blood. Esta viagem circundou constantemente entre o passado e o futuro ora com "No Room For Doubt" (uma versão majestosa que deu ênfase à frequência de voz e guitarra do primeiro trabalho) e "Lost & Found", ora com boas novidades como "Grow" e "Midnight".

À medida que o espetáculo avançava o ritmo não esfriava e a vontade do público largar as cadeiras e se juntar à festa perto do palco era notória e com os primeiros acordes de "What You Don´t Do" um par de assistentes menos tímidos saltou para a linha da frente, arrastando grande parte da plateia. A proximidade da artista e a vibração de "Forget" (um dos seus maiores hits) não deixou ninguém indiferente. Uns dançavam, outros pulavam, outros apenas entoavam o refrão. Terminou em grande a festa da Britânica que, de forma emocionada prometeu voltar.

Mais uma noite do EDP Cool Jazz termina com chave de ouro, com um espetáculo vibrante, apaixonante e cheio de "cool energy". Os temas do novo álbum prometem iluminar ainda mais o nome de Lianne La Havas. Nós prometemos marcar presença no seu prometido regresso.

Setlist Lianne La Havas
Unstoppable
Green and Gold
Is Your Love Big Enough?
Au Cinema
Tokyo
No Room For Doubt
Lost & Found
Grow
Age
Midnight
Never Get Enough
Encore
Wonder
What You Don´t Do
Forget

Fotos: Carlos Carvalho
Texto: Bruno Silva


,