Kodaline no MEO Marés Vivas: o regresso que Portugal sempre espera - Noite e Música Magazine

Kodaline no MEO Marés Vivas: o regresso que Portugal sempre espera


Kodaline no MEO Marés Vivas: o regresso que Portugal sempre espera

Os Kodaline têm vindo várias vezes a Portugal e, sempre que cá vêm, o público sabe muito bem como os receber. A banda Irlandesa brindou os festivaleiros com alguns dos seus temas mais conhecidos e a plateia correspondeu com as letras na ponta da língua.

"Love Like This" fez as honras da noite e foi rapidamente reconhecida por esta plateia que mostrou conhecer todo o reportório que a banda trouxe a Portugal. O indie/folk-rock destes irlandeses é sempre muito bem recebido pelo portugueses e a energia dos nossos festivaleiros consegue sempre conquistar o coração dos Kodaline.

"Brand New Day" e "Ready" seguiram com o alinhamento. Os temas de 2013 e 2015, respetivamente, antecederam a recente "Brother". Mesmo tendo sido lançada neste ano de 2018, os festivaleiros mostraram já a conhecer muito bem. A emoção da plateia era tanta que, antes de se ouvir "High Hopes", já a plateia gritava pela banda. Foi neste tema de 2013 que as vozes do público mais se destacaram.

Com o espetáculo a meio e repetindo o gesto de 2016 neste mesmo festival, o vocalista e guitarrista Steve Garrigan foi buscar uma bandeira de Portugal ao público e elevou-a. Mesmo tendo voltado a esperança para o lado direito, os portugueses não pareceram incomodar-se com o pequeno lapso. Colocada a bandeira no microfone, era altura de retomar o concerto com "Summer", um tema que não integrou a última passagem da banda pelas terras lusas.

Seguiram-se temas como "One Day", "Shed a Tear" e, quando foi momento de ouvir a bem conhecida "Love Will Set You Free", o vocalista trocou a guitarra pelo piano. Já na reta final do espetáculo, ouviu-se "Follow Your Fire" onde também o fogo não faltou para iluminar o palco. "All I Want" foi a escolhida para encerrar este concerto onde, mais uma vez, o amor foi correspondido.

 Os Kodaline despedem-se do MEO Marés Vivas mas partem com a certeza de que Portugal vai sempre recebe-los de braços abertos.

Equipa Noite e Música Magazine no MEO Marés Vivas
Fotos: António Teixeira
Textos: Daniela Fonseca
Edição: Nelson Tiago