HMB ao vivo no Teatro Tivoli, em Lisboa [fotos + texto]


HMB ao vivo no Teatro Tivoli, em Lisboa [fotos + texto]

Nasceram em 2007 e em 2009 tocavam em bares. Ontem, foi no Tivoli que atuaram para um teatro esgotado só para os ouvir. Os HMB fizeram a festa e festejaram com os fãs o fim da tournée de verão.

A sala encheu-se para receber os HMB no último concerto desta tournée. Eram quase dez da noite quando as luzes do Tivoli se apagaram para no palco uma luz intensa dar o sinal de que os HMB iam entrar.

Euforia total nos fãs. Todos de pé para receber a banda. Foi num estilo muito informal que o grupo se apresentou neste concerto. Foi em força e com uma música bem conhecida que a banda começou a festa. Era o "Dia D", o último dia para ver e ouvir HMB e foi também a música escolhida para abrir, com outras, este concerto que prometia ser um grande encerramento da tournée.

Ninguém se sentou nem parou de dançar ao ritmo das músicas dos HMB. A dança seguia do palco, dos músicos, para o público, que seguiam ao seu jeito os pés das cinco caras que representam esta banda. Héber Marques, o vocalista, confessou que "nem quando fui conhecer o meu sogro estava tão nervoso" quando se acalmou o ritmo para deliciar o público com uma música escrita para a mulher de Héber, que estava presente no espetáculo. "Essa saudade de ti" levou telemóveis iluminados ao céu.

Ao lado da mulher do vocalista estava sentada uma figura bem conhecida da política nacional. Marcelo Rebelo de Sousa, candidato a Presidente da República, marcou presença no Tivoli e na hora já bem conhecida dos fãs para a famosa selfie com a hastag #senteHMB não falhou a fotografia e mostrou-se sempre disponível para tirar fotografias com os muitos jovens que estavam no teatro e nem uma selfie com Héber e a sua mulher faltou.

Também a atriz Inês Castelo Branco, que recentemente integrou o núcleo de atores da novela "Mar Salgado", transmitida na SIC, esteve presente e mostrou-se sempre muito animada.  Este espetáculo foi especial também por ter na audiência a mãe do teclista da banda, Daniel Lima, que fazia anos. O músico não se intimidou de dizer perante um teatro esgotado um "amo-te muito, mãe. És a melhor".

Para além de festejar esta tournée com o álbum mais recente Sente, houve tempo para apanhar o avião e voltar ao primeiro disco HBM, com o público igualmente entusiasmado e participativo na hora de cantar com a banda.

Neste concerto "espantaram-se os males" com muita dança. "Tudo muda/tudo passa/tudo tem seu final" e este final teve "alta vibe", como Héber fez questão de dizer e agradecer. Agradecer o apoio da equipa, da banda, das famílias e dos fãs, que são uma grande força e motivação para a banda.

Fotos: Carlos Carvalho
Texto: Bárbara Mota


,