Gusttavo Lima no Pavilhão Atlântico: a reportagem


Gusttavo Lima tem apenas 22 anos e uma carreira muito fresca, mas o cantor de Sertanejo está a fazer furor em terras de Vera Cruz e atravessou o Oceano Atlântico para aquecer Lisboa com o seu último DVD "Gusttavo Lima e Você".

O Pavilhão Atlântico estava a meio, maioritariamente dominado pelo povo brasileiro que queria matar saudades da sua terra natal. O público feminino trouxe sapatos de salto alto e roupas decotadas e aproveitou para ir bebendo uma cerveja enquanto esperavam pela entrada do mineirinho em palco. Vinte minutos após a hora marcada, as luzes apagam-se e a banda entra em palco e são projetadas fitas fluorescentes para a plateia com os primeiros acordes de "Gatinha Assanhada". Calçando umas botas que nos remetem para o Texas (e que já são símbolo de Gusttavo Lima) o cantor entra com uma câmara de filmar na mão e deixa todo o mulherio em êxtase. A música foi acompanhada por toda a plateia que dançava e rebolava ao ritmo da melodia. O cantor saudou Lisboa, mostrou-se muito feliz por estar em Lisboa e elogiou o público feminino. Leu também todos os cartazes da plateia mais próxima, desejou os parabéns a uma fã, autografou as cuecas de outra e brincou "Agora daqui para a frente você vai ter Gusttavo Lima na sua calcinha todo o ano". Com um forte aplauso da plateia, o cantor dirige-se ao centro do palco, com um cachecol de Portugal, pendura-o no tripé do microfone e com a sua guitarra começa a tocar e a cantar o medley "Coração nas mão"/"Revelação". Após alguns problemas de som, a música terminou com uma chuva de papéis dourados e prateados.

Com os primeiros acordes de "60 segundos" a plateia assinala o primeiro momento alto da noite e que continuou com o hit que trouxe Gusttavo à Europa; "Balada Boa" que é iniciada ao ritmo de Duck Sauce – "Barbra Streisand". O cantor voltou a filmar o delírio da plateia e diz que as filmagens vão ser transmitidas no Domingão do Faustão cuja equipa o tem acompanhado na tour europeia que tem feito. Sem grandes pausas, "Eu Quero Tchu Eu Quero Tcha" fez os presentes continuarem a dançar e a cantar.

O concerto prosseguiu com Sertanejo, Pagode e Arrocha, enquanto para o palco voavam flores, t-shirts, cuecas, bandeiras do Brasil, um sapato e um soutien. Chamou uma criança que estava na primeira fila e juntos cantaram "Cabelo Cor de Ouro".

Entretanto apresenta a sua banda e no ecrã são projetadas imagens de toda a sua equipa enquanto os seus percussionistas animam o público ao som de "Danza Kuduro" e "Use Somebody", originais de Lucenzo e Kings of Leon.

Ao palco subiu Alex um amigo de Belo Horizonte e mais tarde Zé Augusto e Raffael.

Ao longo das duas horas e meia de festa brasileira os grandes sucessos do Sertanejo foram relembrados assim como vários clássicos da MPB. "Não quero dinheiro", "Encosta a tua cabecinha no meu ombro e chora", "Sou praeiro", fizeram as delícias do público e marcaram a noite em que Gusttavo Lima (cantor e sedutor) pisou um palco em terras lusitanas pela primeira vez.

Fotos: Pedro Figueiredo
Texto: Bruno Silva


,