Guns N' Roses ao vivo no Passeio Marítimo de Algés: 57.800 pessoas ficaram 25 anos mais novas


Guns N' Roses ao vivo no Passeio Marítimo de Algés: 57.800 pessoas ficaram 25 anos mais novas

Romaria a Algés para acompanhar in loco o regresso da banda de Axl Rose e Slash a solo lusitano.

O sol em Algés estava quente ao fim da tarde desta sexta-feira, a cerveja caía fresquinha por tudo quanto eram bares à volta e dentro do recinto e músicas dos AC/DC, Iron Maiden, Metallica e, claro Guns N’Roses, ecoavam por tudo quanto era sítio. Era uma romaria já esperada depois dos bilhetes esgotarem já há algum tempo!

Muitos portugueses, espanhóis e algumas outras nacionalidades deambulavam pela Praça de Algés à espera da hora de entrar. O trânsito e estacionamento era já infernal 3 horas antes do concerto, mas o clima era de festa!

/Noite e Música – Os fãs dos Guns não faltaram à chamada e entupiram os acessos ao Passeio Marítimo de Algés.

Depois de algumas dezenas de minutos para conseguir passar o túnel por baixo da linha férrea, e mais uma ou duas para chegar aos pontos de revista, entrámos sem sequer nos revistarem. Percebe-se a quantidade de segurança (ainda ontem o Rock Am Ring na Alemanha foi evacuado por ameaça de bomba!) mas depois não se cumprem os principais procedimentos de prevenção. Enfim, felizmente foi apenas um detalhe numa noite memorável.

Não tendo conseguido assistir a Tyler Bryant & The Shakedown nem a Mark Lanegan (com muita pena), "restou-nos" aguardar pelas 21 horas (em ponto, coisa pouco habitual em anos recentes de Axl Rose) quando se ouviu a música dos Looney Tunes que dá a partida para o concerto, seguida de outra intro com "The Equalizer" de Harry Gregson-Williams.

As guitarras de Slash e Richard Fortus deram os primeiros acordes de "It's So Easy", seguidas da bateria de Frank Ferrer e da voz (ainda um pouco abafada de um "anafadinho" Axl Rose). O baixista Duff McKagan completava o trio de originals e juntavam-se ainda os teclistas Dizzy Reed (também já desde os anos 90 na banda) e Melissa Reese (que faz os coros). Continuando no primeiro álbum Appetite for Destruction de 87, "Mr. Brownstone" foi a que se seguiu para depois se dar o primeiro salto para o mal-amado, e último álbum, "Chinese Democracy" com a música homónima e já com alguma pirotecnia a juntar aos vídeos que iam passando no ecrã de fundo de palco (que alternaria entre a iconografia 90s/motard/babes dos GN'R e imagens mais new age nas músicas mais calmas).

Guns N' Roses ao vivo no Passeio Marítimo de Algés

"Welcome to the Jungle" leva aos primeiros saltos do público, para logo de seguida dar lugar aos solos de Slash em "Double Talkin' Jive" e às primeiras mudanças de roupa de Axl Rose que iria sempre alternando t-shirts, chapéus e casacos retirados do seu baú dos anos 90. Melissa Reese acompanha Axl em "Better" e "Estranged" e preparam para a loucura que foi a sequência "Live and Let Die", "Rocket Queen" e "You Should Be Mine".

A segunda cover da noite foi "New Rose" dos The Damned, cantada por Duff McKagan, seguida da balada "This I Love" e da entrada em cena da guitarra de dois braços de Slash em "Civil War". A homenagem da noite chegou em "Black Hole Sun" dos Soundgarden a recordar o recém-falecido Chris Cornell.

Seguiram-se "Coma", solos de guitarra de Slash, incluindo uma música do "Padrinho", "Sweet Child O'Mine" e "Out Ta Get Me", para dar lugar a outra cover (agora dos dos Pink Floyd) com "Wish You Were Here". Ainda com Axl ao piano, ouvimos uma versão longa da belíssima "November Rain" para terminarem em força com "Knockin' on Heaven's Door" (de Bob Dylan) e "Nightrain".

Para o encore ficou reservada a acústica "Patience" (com aquele assobio inconfundível), "Whole Lotta Rosie" dos AC/DC (cantada à um ano atrás por Axl Rose naquele mesmo local) e "Paradise City" para terminar em beleza com a festa de pirotecnia, fumos e papelinhos a dar a despedida.

Foi um regresso ao passado (passaram 30 anos desde o primeiro álbum) para os milhares de pessoas que ali se deslocaram e que só podem ter ficado satisfeitas com um concerto em crescendo. Apesar de muito mais velhos os 3 membros originais da banda (Axl, Slash e Duff) estão ainda aptos a dar grandes espetáculos e espera-se que continuem por mais alguns anos.

Alinhamento

It's So Easy
Mr. Brownstone
Chinese Democracy
Welcome to the Jungle
Double Talkin' Jive
Better
Estranged
Live and Let Die (Wings)
Rocket Queen
You Could Be Mine
New Rose (The Damned)
This I Love
Civil War
Black Hole Sun (Soundgarden)
Coma
Speak Softly Love ("Love Theme" de O Padrinho, Nino Rota)
Sweet Child O' Mine
Out Ta Get Me
Wish You Were Here (Pink Floyd)
November Rain
Knockin' on Heaven's Door (Bob Dylan)
Nightrain

Encore
Patience
Whole Lotta Rosie (AC/DC)
Paradise City

Fotos: Everything Is New
Texto: Miguel Lopes


,