Diogo Piçarra ao vivo na Casa da Música, no Porto [fotos + texto]


Diogo Piçarra ao vivo na Casa da Música, no Porto [fotos + texto]

"Bem-vindos ao espelho, ao nosso primeiro aniversário". Foi assim que Diogo Piçarra se apresentou ontem na Casa da Música no Porto perante uma sala praticamente lotada que o aplaudiu de pé.

Aos 25 anos, Diogo Piçarra apresentou-se como um cantor, compositor e músico completo capaz de conduzir um espetáculo de uma hora e meia sem intervalo e de impressionar o público com os seus temas, interpretações, alguns convidados e sem dúvida a sua paixão e entrega à música.

Nesta que era a terceira noite de celebração do primeiro aniversário de Espelho, álbum com o qual se estreou, o vencedor da 5ª edição dos "ídolos" interpretou todos os seus temas e ainda brindou o público nortenho com pequenas interpretações de músicas como "Hello" de Adele e "Sorry" de Justin Bieber.

Entre temas do seu Espelho (elevado a Disco de Ouro recentemente) como "Breve", "Sopro", "Margem" e "Verdadeiro", Diogo Piçarra interpretou nesta noite, pela primeira vez, o seu novo tema "Crescente". Convidou artistas como Real Punch para cantar consigo "Falso Espelho" e Isaura em "Teu é meu" como aliás já havia acontecido nos seus espetáculos anteriores.

Além de tocar piano, guitarra e cavaquinho, Diogo Piçarra mostrou ainda ser um "One Man Show" usando uma mesa de mistura com a qual adaptou temas como "Tudo o que eu te dou" de Pedro Abrunhosa e "Fala-me de amor" dos Santos e Pecadores. Durante o resto do espetáculo foi acompanhado por três músicos sendo que muitas vezes cantou apenas ao som do seu piano.

Ao longo de todo o espetáculo, o artista mostrou-se encantado com a energia do público: "Muito Obrigado, a sério", "Tão lindo, não esperava nada disto" foram algumas das frases dedicadas, a primeira foi aliás o mote para o público levantar uns cartazes distribuídos no início onde era possível ler "Obrigado por tudo".

Depois da habitual "falsa despedida" Diogo Piçarra voltou ao palco sob o pedido do público e fechou o concerto com o seu maior êxito "Tu e Eu" confessando que "o público do Norte é mesmo do caraças" e que "se tivesse mais músicas, ficava mais uma hora".

"Eu sei que não vou esquecer esta noite, espero que nem vocês" – Diogo Piçarra.

Fotos: António Teixeira
Texto: Daniela Fonseca


,