David Fonseca @ Coliseu dos Recreios


David Fonseca celebra uma década de carreira na sala mais mediática da capital portuguesa.

O cantor subiu ao palco do Coliseu dos Recreios para apresentar "Seasons: Rising – Falling" e celebrar os seus 10 anos de carreira a solo.

A sala estava quase a rebentar as costuras e o público sabia bem para o que vinha. A festa arrancou ao som de "Under the Willow" (acompanhada por jatos de fumo e papéis vermelhos) que foi muito bem recebida e serviu de mote de apresentação do mais recente trabalho do cantor que percorre um ano de vivências do cantor. Para aquecer ainda mais a noite de inverno que se sentia no recinto a eletrizante "Armaggedon" fez a plateia soltar os movimentos e algumas roupas.

Se ainda havia algum gelo para quebrar entre os músicos e o público os singles "Our Hearts Will Beat as One" e "A Cry 4 Love" serviram para preparar os presentes para a festa que tinha acabado de começar.
O cenário do palco estava centrado num excelente jogo de luzes e na projeção de imagens numa bola gigante.

Quem acompanha a carreira do cantor sabe bem que não são só músicas mexidas que David canta e o público mostrou conhece cada palavra de "Who Are U" e de "Someone Who Cannot Love" (primeiríssimo single do artista) e, acompanhados pelas luzes refletidas da bola de espelhos que desceu para se juntar ao público e iluminar o coliseu como se de uma discoteca se tratasse.
David Fonseca encontra-se maioritariamente no centro do palco acompanhado da sua guitarra mas é bastante versátil e mostrou-o ao sentar-se ao piano e a tocar e a cantar "The Beating of the Drums".

O tema de apresentação de Seasons: Falling ("All That I Wanted") foi interpretado em formato acústico e teve uma receção calorosa do público que também mostrou já ter a música na ponta da língua.

Tamanha festa deveria ser partilhada com convidados e, eis que surge Luísa Sobral para partilhar o palco ao som de "It Shall Pass". A artista foi bastante acarinhada pelos presentes e teve oportunidade de mostrar o seu "Not There Yet" em dueto com o anfitrião da festa. Luísa Sobral que é ainda uma estrela em ascensão no universo musical do nosso país teve direito a um novo cenário, cheio de lanternas penduradas no palco.

David gosta de mostrar a sua interpretação em várias músicas da atualidade e esta noite não seria a mesma sem esse feito portanto "We Are Young" dos Fun fez-se soar num formato um pouco mais intimista e que serviu de ponto de partida para "What Life is For" completamente reconstruída de modo minimalista.

Para a festa não esfriar segue-se "This Raging Light" do cd mais colorido do cantor; Dreams in Colour.

O concerto prosseguiu percorrendo quase todos os seus singles e também vários ícones de várias gerações tais como David Bowie (com um excerto do tema "Heroes"), Johnny Cash (vestindo um pijama e com uma interpretação de "Hurt" enquanto o cenário estava a ser alterado para mostrar os balões que são associados ao músico desde o lançamento do último trabalho), Stevie Wonder (com "I Just Call to Say I Love You) e Nirvana (com "Lithium" que foi escolhido pelos seguidores de David Fonseca através do facebook).

Antes do primeiro cair do pano o público delirou com a famigerada "The 80's" e no encore David enfrentou a multidão com uma versão ainda mais acústica de "U Know Who I Am".

A noite fechou com chave de ouro ao som de "What Life Is For" na sua versão original, cheia de energia, com todos os presentes aos saltos, a dançar e a cantar.

Nestes 10 anos de carreira David Fonseca mostrou a razão pela qual é um dos maiores nomes da música nacional e deu um espetáculo único que correspondeu às expectativas de todos aqueles que decidiram acabar a noite de sábado em grande, ao som dos êxitos deste artista que ainda tem muito para mostrar.

Alinhamento:
Under The Willow
Armageddon
Our Hearts Will Beat As One
Cry 4 Love
Who Are U
Someone That Cannot Love
It Means I Love You
Silent Void
The Beating of the Drums
Kiss Me, Oh Kiss Me
All That I Wanted
It Shall Pass (com Luísa Sobral)
Not There Yet (com Luísa Sobral)
What Life Is For (acústica)
This Raging Light
Superstars II
Stop 4 a Minute
Hurt (Johnny Cash)
At Your Door
I Would Have Gone and Loved You Anyway
Lithium (Nirvana)
The 80's
Encore
U Know U I Am
What Life Is For

Fotos: João Paulo Wadhoomall
Texto: Bruno Silva


,