David Fonseca ao vivo no CCB [fotos + texto]


David Fonseca ao vivo no CCB [fotos + texto]

Foi na sexta-feira que David Fonseca entrou em palco no Centro Cultural de Belém para festejar o novo trabalho Futuro Eu. Com uma cara feita em cartão, David entrou em palco com uma ovação de gritos e aplausos.

"Este é o concerto onde tudo pode correr mal", começa logo por dizer o cantor, mas na plateia o que ficou a transparecer foi que tudo correu bem e até muito bem. Foi em festa que o público interagiu com o cantor, que a meio do concerto saiu do palco para tocar guitarra em cima de uma cadeira, no meio da plateia.

"Chama-se que eu vou", foi uma das músicas que David Fonseca escolheu para iniciar o concerto. E muitas foram as músicas do novo CD que o cantor luso trouxe para este concerto, já todas na ponta da língua dos fãs.

Entre canções ficaram os momentos cómicos, onde o cantor contou alguns momentos que passou com este novo trabalho. Um deles aconteceu numa discoteca, onde um rapaz se chegou ao pé dele e lhe disse "Eu não sou teu fã, não gosto do que tu fazes mas isto em português é que não". O cantor realçou este momento quando uma fã lhe disse que ele era lindo e David disse "que é mais fácil responder a um insulto do que a um elogio. Num elogio retribuir soa sempre a falso". Para David, vivemos numa fase onde é fácil insultar os outros, porque existe a internet e por aí é muito fácil mandar insultos, mas quando chega a hora de falar na cara muitos são os que ficam calados. A música continuava e "Love isn’t enough" foi a escolhida para deixar este momento de críticas e insultos para trás. O amor nunca chega mas neste concerto chegou para que todo o público ficasse radiante e gritasse o refrão com o cantor.

O concerto contou ainda com a presença da cantora Márcia. Juntou-se a uma voz grave como a do David uma voz suave e calma como a da Márcia. "Deixa ser" foi a música escolhida para unir a voz de David à voz de Márcia. Juntos, cantaram ainda uma música que não se encontra no disco. "É-me igual" foi uma música que o cantor compôs muito sozinho. Márcia, em tom de brincadeira até disse que pelo vídeo se notava que tinha sido mesmo muito só. Um momento intimista que marcou um concerto cheio de alegria.

Durante o concerto, David ainda teve tempo de ler um anúncio do site olx, onde um rapaz vendia um bilhete para este concerto a uma rapariga que ele descrevia como simpática e disposta a passar uma noite agradável. Perto do fim, o cantor disse que se sentia velho pelo facto de a nova geração não saber o que é o lado B – as ideias que levaram ao CD – e os muitos e-mail que recebia com esta questão. "Sem abiso" foi uma música que não chegou ao disco mas que cantou e encantou a plateia, que nesse momento passava um pára-quedas ao ritmo da canção.

"Eu já estive aqui" foi uma das músicas que o cantor confessou ser uma das suas preferidas. Já esteve no CCB e voltará um dia a estar. Se não for no CCB será noutro sitio mas com aquela plateia cheia de fãs.

Fotos: Carlos Carvalho
Texto: Bárbara Mota


,