Chick Corea & Herbie Hancock no EDP Cool Jazz: sabe como correu o concerto


Chick Corea & Herbie Hancock no EDP Cool Jazz: sabe como correu o concerto

EDP Cool Jazz arrancou com dueto de gigantes do jazz que se sentaram frente a frente, num diálogo musical natural e intenso. Sabe tudo sobre o concerto.

A 12ª edição do EDP Cool Jazz arrancou a 19 de julho, nos Jardins do Marquês de Pombal em Oeiras, com um encontro único; Chick Corea & Herbie Hancock. Estes dois grandes pianistas contam com mais de 50 anos de carreira e conheceram-se por colaborarem com Miles Davis; o eterno Rei do Blues.

O espetáculo estava esgotado e a chegada do público foi morosa o que provocou um pequeno atraso, contudo, 20 minutos após a hora prevista os americanos entram em palco lado a lado com um sorriso radiante. Os músicos não se sentavam frente a frente há mais de 30 anos desde o lançamento de An evening with Herbie Hancock & Chick Corea de 1978. "Este é o último concerto da tour europeia e guardamos o melhor para o fim", "Vamos começar, mas não sabemos o que vamos fazer…" foram as palavras que despoletaram o aguardado diálogo de teclas.

Chick Corea & Herbie Hancock dominaram cada dois pianos de cauda e dois teclados eletrónicos. Os primeiros temas foram mais experimentais, nunca se afastando dos acordes do jazz, mas foram suficientes para agarrar toda a concentração da plateia.

O espetáculo aumentou diversas vezes de ritmo quer com algumas homenagens ao "antigo patrão" dos músicos, quer com a composição musical "Concierto de Aranjuez". Não faltaram temas próprios: Hancock apresentou "Maiden Voyage" e "Cantaloupe Island" e Corea fez as delícias dos portugueses com uma versão de "Spain" onde a plateia foi dividida e convidada a entoar diferentes notas que deram uma brilhante personificação a este eterno tema.

Com quase duas horas de concerto e após vários encores os pianistas americanos abandonam o palco, deixando o público embalado com "Love Supreme".

Aposta ganha no arranque da edição de 2015 do EDP Cool Jazz. Dois gigantes do jazz sentaram-se frente a frente, num diálogo musical natural e intenso que marcou as memórias dos felizardos que não quiseram perder este histórico encontro de Chick Corea & Herbie Hancock.

Foto: EDP Cool Jazz/Fernando Mendes
Texto: Bruno Silva


,