Agir no MEO Marés Vivas: como uma noite foi bela demais


Agir no MEO Marés Vivas: como uma noite foi bela demais

Olhando bem para a multidão, não havia qualquer vestígio de cansaço. Bastou Agir subir ao palco para que o público tirasse os pés do chão e saltasse com o cantor. "Estou bem", foi o primeiro tema a ouvir-se e, depois de já terem acontecido três concertos naquele recinto, a verdade é que a plateia estava mais que bem agora que o cantor lisboeta tinha acabado de subir ao palco.

"Eu quero" veio logo a seguir e conseguiu provocar o delírio no público. Afinal, a energia do cantor era demasiado contagiante para conseguir ficar indiferente. Seguiram-se temas como "Toda a Gente Olha" e "One Night Stand", sem esquecer que aquela multidão ao lado do rio tinha luz própria.

Agir relembrou ainda os mais esquecidos que "nada na vida faz sentido se não for partilhado com a família" e, embora os laços não sejam de sangue, o cantor voltou a mostrar o carinho que tem por Carolina Deslandes, ao tocar "Mountains", tema que pertence à cantora.

Os telemóveis bem no alto iluminaram o mar de gente que cantou lado a lado com o cantor "Bola de cristal". A noite estava a chegar ao fim, mas Agir não deixou de tocar temas que criou ao lado de amigas, como a Blaya ou a Ana Moura, "YoYo" e "Manto de Água", respetivamente. O seu novo tema, "Ou Queres ou Não Queres" não ficou esquecido também e, embora só tenha saído há um mês, a plateia não o cantou com menos intensidade e os braços mantiveram-se no alto.

Jimmy P sobe pela segunda vez ao palco do MMV, desta vez para acompanhar Agir com "Esconder". A noite estava feita, mas só completa depois de se fazer ouvir "Makeup", "Como ela é Bela" e é claro, "Parte-me o Pescoço". Por último, o cantor comenta que não há nada tão precioso como o tempo e, uma vez que não queria fazer desperdiçar o tempo de ninguém no público, acabou com a espera e fecha o primeiro dia do festival do norte com "Tempo é Dinheiro" e, que foi bem gasto por quem escolheu ficar a ouvir AGIR.

Equipa Noite e Música Magazine no MEO Marés Vivas
Fotografia: António Teixeira
Textos e Social Feed: Daniela Fonseca e Rita Pereira
Edição: Nelson Tiago


,