A viagem dos Placebo no Multiusos de Gondomar [fotos + texto]


A viagem dos Placebo no Multiusos de Gondomar [fotos + texto]

A banda de Brian Molko soprou as 20 velas e brindou com Gondomar.

Os Placebo são já prata da casa. Vinte anos depois de tudo ter começado, a banda de Brian Molko continua a merecer o voto de confiança do público luso. A última visita a palcos nacionais data de 2014 onde os Coliseus de Lisboa e Porto esgotaram. Desta vez, a norte, foi o Multiusos de Gondomar a receber a banda de Molko para celebrar os 20 anos de carreira perante uma plateia compacta e pronta a viajar no tempo.

A digressão que celebra o vigésimo ano de vida da banda formada em Londres em 1994 é também a maior produção que os Placebo levam a palco por essa Europa fora: projeção live de vídeo e fundo de palco coberto com tela de grandes dimensões usada para projetar animações sincronizadas com um "cheirinho" dos vídeos realizados pelo grupo que enchem o olho à plateia.

"Every You Every Me" foi "queimada" como intro ainda sem nenhum elemento da banda em palco. Brian Molko e Stefan Olsdal surgem pelo meio das luzes e com eles Matt Lunn na bateria, Nick Gavrilovic como um segundo guitarrista e Fiona Brice nos teclados/violino. "Pure Morning" de Without You I'm Nothing abre as hostilidades.

Pouco falador como já é seu apanágio, mas caloroso quando se dirige à plateia, Brian Molko foi saltando de disco em disco, num alinhamento que contou com "Twenty Years", "Too Many Friends", "Special Needs" ou "Song to Say Goodbye", tendo esta última provocado algum alvoroço. Mas nada próximo do que aconteceria aquando dos primeiros acordes de "Special K", um dos temas mais célebres de um dos discos mais bem-sucedidos da carreira dos Placebo, Black Market Music (2000).

Mais entusiasmo só mesmo com "The Bitter End", a canção que levaria os Placebo a sair do palco pela primeira vez debaixo de uma chuva de aplausos. Regressam para um encore com a já tradicional versão de "Running Up That Hill" de Kate Bush, "Teenage Angst", "Nancy Boy" e "Infra-Red".

Desfrutar de um longo repertório de canções, evocou o espírito e entusiasmo que a ocasião reivindicava. O público convidou-os a soprar as velas e eles responderam com os clássicos. "Meds" ou a divertida "This Picture" não compareceram á festa, mas independentemente do alinhamento, o facto é que os Placebo encontraram em Gondomar um multiusos disposto a celebrar a longevidade da sua música. Vinte anos depois há quem se veja e reveja nestas canções. Uma banda não pode pedir muito mais do que isto, pois não?

Fotos: António Teixeira
Texto: Nelson Tiago


,