NOS Alive tem novo palco: conhece o EDP Fado Cafe


NOS Alive tem novo palco: conhece o EDP Fado Cafe

Paulo Campos Costa e Álvaro Covões apresentaram o sétimo palco do festival de Algés, o EDP Fado Cafe.

O NOS Alive e a EDP reforçam a sua parceria de longa data com a apresentação de um novo palco que pretende celebrar o género musical mais importante da música popular portuguesa – o Fado. O EDP Fado Cafe, o sétimo palco do festival, nasce numa zona renovada do recinto com cenografia própria que irá envolver todos os festivaleiros num ambiente tradicional português.

A requalificação de uma rua com 150 metros de comprimento, eminentemente inspirada na traça pombalina, irá albergar vários elementos da cultura portuguesa, entre eles a recriação do Museu da Eletricidade e do futuro MAAT (Museu de Arte Arquitetura e Tecnologia). Nesta zona viverá o novo palco e ainda várias zonas comerciais. O projeto é da autoria do arquiteto Rui Francisco e a produção está a cargo da EPC (Empresa Portuguesa de Cenários).

Dia 7 de julho o EDP Fado Cafe recebe Marco Rodrigues e Raquel Tavares. No mesmo dia atuará ainda Tiago Bettencourt com um espetáculo especialmente preparado para este palco, no qual o cantor irá revisitar temas do cancioneiro nacional que mais o influenciaram ao longo da sua carreira.

O segundo dia do festival, vai contar com a curadoria do fadista e poeta Hélder Moutinho. Marco Oliveira, Vanessa Alves e Ricardo Parreira são os outros fadistas que completam o alinhamento do dia 8 de julho .

No último dia do festival, dia 9 de julho, o palco recebe Dead Combo e as Cordas da Má Fama e as fadistas Ana Sofia Varela e Teresinha Landeiro.

Paulo Campos Costa, diretor da Direção Global de Marca, Marketing e Comunicação do Grupo EDP, salienta que "há 7 anos que a EDP está presente no NOS Alive. Darmos o nome à Rua EDP e ao sétimo palco deste festival reconhecido nacional e internacionalmente é um reforço da parceria entre as duas marcas que nasce do crescendo da estratégia do Grupo na área da música. Hoje somos uma das marcas que mais apoia a música portuguesa e o nosso apoio a este sétimo palco que irá privilegiar a música nacional é o resultado desta nossa forte aposta".

Já Álvaro Covões, reforça que "levamos muito a sério a assinatura ‘O Melhor Cartaz. Sempre!’. É um marco para o NOS Alive receber o Fado, representado por alguns dos mais proeminentes artistas do género. O EDP Fado Cafe e esta rua tipicamente portuguesa vão apresentar o melhor da nossa cultura a todos os festivaleiros que nos visitam".

A edição de 2016 do NOS Alive, acontece uma vez mais no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, nos dias 7, 8 e 9 de julho. Os bilhetes diários para dias 7 e 9 custam €56. Os passes de 3 dias e bilhetes para dia 8 já se encontram esgotados.

Cartaz NOS Alive


,